Bob Dylan ganha o Prêmio Nobel de Literatura

Compositor recebe prêmio por “ter criado novas expressões poéticas dentro da grande tradição musical norte-americana”

Rolling Stone EUA Publicado em 13/10/2016, às 11h42 - Atualizado às 13h03

Bob Dylan

Ver Galeria
(4 imagens)

A Academia Sueca anunciou nesta quinta, 13, o cantor e compositor Bob Dylan como o vencedor do Prêmio Nobel 2016 em literatura. Em declaração, a Academia afirmou que Dylan mereceu a homenagem por “ter criado novas expressões poéticas dentro da grande tradição musical norte-americana”.

Ele é o primeiro norte-americano a ganhar o Prêmio Nobel de Literatura desde Toni Morrison em 1993. Outros laureados norte-americanos na literatura incluem William Faulkner, Ernest Hemingway e John Steinbeck.

LEIA TAMBÉM

Em entrevista de 1962, Bob Dylan, então com 20 anos, fala sobre começo da carreira

Minidocumentários contam a história das capas de discos de Bob Dylan

Bob Dylan faz cover de “Free Bird”, do Lynyrd Skynyrd, em show nos Estados Unidos

A notícia foi anunciada pela secretária-geral da Academia, Sara Danius. De acordo com a rádio NPR, Danius afirmou que Dylan é “um grande poeta na tradição da língua inglesa” durante uma entrevista após o anúncio. “Por 54 anos, ele esteve na ativa e se reinventando, constantemente criando uma nova identidade”, ela acrescentou.

Desde 1901, o Prêmio Nobel de Literatura foi entregue a 113 pessoas. No site do Nobel é especificado que o prêmio pode ser dado a quaisquer “escritos que, em virtude de sua forma e estilo, possuam valor literário”.

A Academia Sueca não revelou a lista de finalistas que estavam sendo considerados para o prêmio; de acordo com o The New York Times, havia especulação de que Ngugi wa Thiong’o (Quênia), Adonis (Síria), Haruki Murakami (Japão), Philip Roth (Estados Unidos), e Don DeLillo (Estados Unidos) estavam na corrida para a honraria.

O Prêmio Nobel acompanha 8 milhões de coras suecas, cerca de R$ 2,9 milhões. Dylan receberá seu prêmio no dia 10 de dezembro em Estocolmo, Suécia.