Bob Dylan não falou por uma semana após a morte de Elvis Presley

O músico ficou super abalado com a perda do Rei do rock n'roll

Redação Publicado em 22/10/2020, às 11h37

None
Bob Dylan (foto: Chris Pizzello/AP)

A triste morte de Elvis Presley abalou a indústria fonográfica nos anos 1977. E, recentemente, foi revelado que o lendário cantor Bob Dylan, foi uma das pessoas que lutou copiosamente para enfrentar a perda do Rei. As informações são do Express UK. 

+++ LEIA MAIS: Michael Jackson ou Elvis Presley: Qual artista acumulou a maior fortuna depois de morrer?

Dylan, em uma entrevista da época, revelou como foi ouvir a voz de Elvis pela primeira vez. "Foi como sair da prisão". O músico nunca chegou a conhecer, de fato, Elvis, ainda que a dupla estivesse em turnês e festas. Isso, contudo, não impediu Dylan de lamentar a perda do músico. De acordo com a Revista Far Out, o músico não disse uma palavra durante uma semana inteira após o ocorrido. 

+++ LEIA MAIS: O dia que Bob Dylan conheceu os Beatles: ‘Ficamos chapados e rimos para caramba’

Os músicos quase chegaram a trabalhar juntos quando Dylan e George Harrison estavam a caminho do estúdio de gravação do Rei, mas imprevistos aconteceram e o encontro não aconteceu. Elvis morreu aos 42 anos, em 16 de agosto de 1977, vítima de uma parada cardíaca.

+++LEIA MAIS: Assista a uma das primeiras aparições de Bob Dylan na TV, em 1964

+++ XAMÃ: ‘SE VOCÊ NÃO SENTE NADA COM UMA MÚSICA, É PORQUE TEM ALGUMA COISA ERRADA' | ROLLING STONE BRASIL