Pulse

Bohemian Rhapsody usou roupas originais do Queen

Brian May e Roger Taylor permitiram que figurinistas do filme levassem o que quisessem

Redação Publicado em 12/02/2019, às 08h35

None
Rami Malek como Freddie Mercury, no filme Bohemian Rhapsody (Foto: 20th Century Fox)

Brian May e Roger Taylor revelaram que parte do figurino vibrante usado pelos personagens do filme Bohemian Rhapsody, filme que conta a história de Freddy Mercury e do Queen, veio dos seus próprios arquivos pessoais.

Os figurinistas do longa-metragem, protagonizado por Rami Malek, recordam que os integrantes remanescentes do Queen deram total liberdade para que eles pudessem se aventurar pelas roupas guardadas por eles e levá-las para o set.

+++ Bohemian Rhapsody rende milhões de dólares à ex-mulher de Freddie Mercury

"Tive muita ajuda do Brian", conta Julian Day, design de figurino do filme, em um vídeo publicado pelo site TheWrap. "Ao irmos até a casa do Brian, encontramos muitos desses itens de figurino. Em certo momento, ele falou: 'Veja, eu adoraria que você levasse alguns emprestados'."

May complementa: "Por sorte, nós ainda tínhamos muitas dessas roupas. Então, dissemos apenas para que usasse esse arquivo como quisessem."

"Falamos: 'Fiquem à vontade, divirtam-se!'", explicou Taylor.

+++ Adam Lambert revela que aparece em Bohemian Rhapsody

O figurino emprestado por May incluíam uma túnica bordada e um colete de franjas usado por Gwilym Lee, ator que interpretou o guitarrista do Queen, em Bohemian Rhapsody.

Essa não foi a única participação ativa de May e Taylor. Em vídeo publicado com exclusividade pela Rolling Stone Brasil, o guitarrista recorda as aulas dadas para que Gwilym Lee pudesse tocar o instrumento como ele.

“Eu mostrei para ele alguns licks, mas não faço nada muito difícil”, contou May. “Sei tocar guitarra base e violão, mas nada nesse nível”, confessou Lee, na sequência.

A cinebiografia do Queen atingiu a marca de biografia musical de maior bilheteria de todos os tempos, deixando Straight Outta Compton (2015) em segundo lugar. Ao todo, o filme arrecadou mais de R$ 2,86 bilhões mundialmente.

Johnny & June, filme de 2005 sobre o Johnny Cash, estava em segundo lugar, após perder o posto para Straight Outta Compton. Anteriormente, o topo era de Ray (2004), que manteve o título por um ano. Ray encerrou o reinado de 24 anos do filme biográfico de Loretta Lynn, O Destino Mudou Sua Vida (1980).

+++ Após ganhar dois Globos de Ouro, Brian May fala sobre críticas a Bohemian Rhapsody

Além do sucesso de bilheteria, o filme foi indicado em cinco categorias no Oscar, incluindo melhor filme e melhor ator, para Malek. O resultado será conhecido em uma cerimônia a ser realizada em 24 de fevereiro. 

O filme também chegou, no dia 8 de fevereiro, às plataformas digitais.