Bolsonaro ataca Lula e Dória em discurso e declara-se 'impedrejável'

Em conversa com apoiadores nesta segunda, 14, Bolsonaro chamou Lula de “nove dedos” e disse que o governador João Doria tem “sede de poder”

Redação Publicado em 14/06/2021, às 13h12

None
Bolsonaro de máscara olhando para o lado (Foto: Andre Coelho/Getty Images)

Jair Bolsonaro (sem partido) criticou o governador do estado de São Paulo João Doria (PSDB) e o ex-presidente Lula (PT) nesta segunda, 14. Em conversa com apoiadores, segundo o site Correio Braziliense, o chefe do Executivo também disse ser "impedrejável"

Durante fala com apoiadores, Bolsonaro se referiu a Lula como “nove dedos”, e criticou: “Tem uma demonstração clara de quem dominava o Brasil, né? Eles querem voltar a qualquer custo. Mas não é apenas aquele pessoal do nove dedos não, tem mais gente, também, que ficou mal acostumada ao longo dos 30 anos.”

+++LEIA MAIS: Bolsonaro recusou vacina a 50% menos do valor pago por EUA e União Europeia

Em seguida, o presidente afirmou: “Sou impedrejável, mais uma aí”, disse, referindo-se à expressão “imorrível, imbrochável e incomível”, utilizada frequentemente por Bolsonaro para referir-se a si mesmo. 

Ainda, Bolsonaro disse que Doria tem “sede de poder”, e atacou o político ao se referir à possível candidatura do governador as eleições presidenciais de 2022: “Não consegue administrar o estado dele, quer comandar o Brasil.”

+++LEIA MAIS: Bolsonaro xinga Doria de 'vagabundo, c***', e governador responde

A declaração de Bolsonaro pode ser conferida no vídeo abaixo, publicado pelo canal bolsonarista Foco do Brasil. 


+++ URIAS: 'AS PESSOAS ESTÃO COMEÇANDO A ENTENDER MAIS DE MIM' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL