Bolsonaro comenta sobre impeachment: ‘Só Deus me tira da cadeira presidencial’

Presidente fez a declaração em live semanal na quinta, 15

Redação Publicado em 16/04/2021, às 17h10

None
Jair Bolsonaro (Foto: Gabriela Bilo / Estadão Conteúdo / Agência Estado / AP Images)

Na quinta, 15, durante a live semanal que realiza nas redes sociais, Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que apenas Deus poderia tirá-lo da cadeira presidencial. As informações são do o Globo.

A declaração foi uma resposta à recente exigência de Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF). A ministra deu cinco dias o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), explicar porque ainda não analisou os pedidos de impeachment contra Bolsonaro protocolados na Câmara.

+++LEIA MAIS: Bolsonaro reclama de investigações sobre governo na pandemia: 'Completamente direcionada contra mim'

Durante live, Bolsonaro falou: “Não quero me antecipar e falar o que acho sobre isso, mas digo uma coisa: só Deus me tira da cadeira presidencial e me tira, obviamente, tirando a minha vida. Fora isso, o que estamos vendo acontecer no Brasil não vai se concretizar. Mas não vai mesmo. Não vai mesmo.”

Atualmente, há mais de 100 pedidos de impeachment protocolados contra Bolsonaro, mas ainda não foram analisados. Segundo a Constituição, a decisão da abertura (ou não) dos processos é responsabilidade do presidente da Câmara, que não tem tempo limite para fazê-lo.

++++LEIA MAIS: Parlamento Europeu acusa Bolsonaro de crimes contra a humanidade

Segundo o O Globo, o presidente também disse que irá aguardar alguma declaração de Arthur Lira sobre a decisão de Cármen Lúcia


+++ HAIKAISS | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL