Bolsonaro critica saída da imprensa da Alvorada: ‘Estão se vitimizando’

Um grupo de veículos jornalísticos afirmou que não se sente seguro para realizar a cobertura diária no local

Redação Publicado em 27/05/2020, às 07h56

None
Jair Bolsonaro (Foto: Gabriela Bilo / Estadão Conteúdo / Agência Estado / AP Images)

Jair Bolsonaro criticou novamente a imprensa. Desta vez, o alvo do Presidente da República foi um grupo de veículos jornalísticos que abandonou a cobertura diária na frente do Palácio da Alvorada por não se sentir seguro.As informações são do Uol.

Bolsonaro possui um longo histórico de ataques à imprensa. No início do mês de maio, o presidente mandou um jornalista calar a boca após ser questionado sobre a suposta interferência na Polícia Federal, segundo informações da CBN.

+++ LEIA MAIS: Bolsonaro quis mudar a bula da cloroquina, revela Mandetta

Já no vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril, divulgado recentemente pelo ministro Celso de Mello e repercutido pelo El País, Bolsonaro diz: “Eu não vou falar com vocês, porque vocês não deturpam, vocês inventam, e potencializam”.

Depois dos inúmeros ataques, o espaço destinado aos jornalistas, chamado de “curralzinho”, foi deixado por profissionais do Uol, Folha de S. Paulo, Grupo Globo, Metrópoles e TV Band. 

+++ LEIA MAIS: Mano Brown dispara e revela raiva de Bolsonaro: 'Faz piada em cima de 1,1 mil mortes por dia'

Nas redes sociais, Bolsonaro afirmou que os profissionais estão “se vitimizando” e comparou a cobertura sobre a morte da vereadora Marielle Franco, assassinada em 2018, com a da facada que recebeu durante uma campanha eleitoral, também em 2018. 

"Estão se vitimizando. Quando levei a facada, não falaram nada. Não vi ninguém da Folha [de S. Paulo] falando 'quem matou Bolsonaro?'. Se for pegar o número de horas que a Globo deu para Marielle [Franco] e para o meu caso, acho que dá 100 para 1, mas tudo bem."

No Twitter, o presidente atacou diretamente do Grupo Globo e o jornal Folha de S. Paulo ao afirmar que os veículos distorcem as declarações dele e, a partir de agora, vão apenas inventar as falas dele. 


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE