Bolsonaro descarta retorno do horário de verão: ‘Não tem ganho financeiro’

Apesar da crise hídrica e energética no país, Bolsonaro afirmou que horário de verão não será retomado

Redação Publicado em 07/07/2021, às 10h41

None
Jair Bolsonaro mexe na máscara durante visita a São Paulo em agosto de 2020 (Foto: Alexandre Schneider/Getty Images)

Jair Bolsonaro (sem partido) descartou na terça, 6, o retorno do horário de verão. Segundo a Folha, a medida, considerada importante para diminuir o consumo de energia nos horários de pico foi extinta em 2019, logo após assumir a presidência.

Conforme publicado anteriormente pela Rolling Stone Brasil, o Brasil vive uma crise hídrica e energética, resultando no aumento da inflação e da conta de luz. Mesmo assim, Bolsonaro disse, em conversa com apoiadores, que não tem planos para voltar com o horário de verão.

+++LEIA MAIS: ‘Novo’ horário de verão, crise hídrica e aumento da conta de luz: qual é a situação energética brasileira?

Após um apoiador falar que há quem queira o retorno da medida, Bolsonaro disse: "Não, o horário de verão foi comprovado que não tem ganho financeiro e a maioria é contra porque mexe no relógio biológico."

Empresários do turismo argumentam que a medida é necessária para beneficiar o turismo nacional. Em junho, representantes do setor se reuniram para pedir a Bolsonaro o retorno do horário de verão.

+++LEIA MAIS: Com recordes de destruição da Amazônia, Bolsonaro promete zerar desmatamento ilegal até 2030

Uma carta foi enviada ao presidente em 1º de julho por empresários do turismo e restaurantes, ressaltando o efeito positivo do horário de verão na atração de clientes e turistas. Segundo o O Globo, a carta também falou que a medida ajudaria o setor, afetado pela pandemia de Covid-19.

O documento foi assinado pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel); Federação das Empresas de Hospedagem, Gastronomia, Entretenimento, Lazer e Similares do Estado do Paraná (Feturismo); Federação Baiana de Turismo e Hospitalidade do Estado da Bahia (FeTur-BA); Federação de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Estado de Santa Catarina (Fhoresc), e São Paulo (Fhoresp).

+++LEIA MAIS: Desigualdade bate recorde na pandemia e renda média brasileira é a pior desde 2012


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL