Bolsonaro perdeu 53% dos eleitores, aponta pesquisa

Levantamento do Ipec também indica que um quarto dos eleitores de Bolsonaro em 2018 devem votar em Lula em 2022

Redação Publicado em 28/06/2021, às 10h03

None
Bolsonaro de máscara olha para o lado (Foto: Andre Coelho/Getty Images)

Apesar de almejar a reeleição em 2022, Jair Bolsonaro (sem partido) precisa lidar com a rejeição e o número de eleitores arrependidos. Segundo o O Globo, uma nova pesquisa mostrou que 53% dos brasileiros que elegeram o Chefe do Executivo no segundo turno planejam votar em outros candidatos à presidência.

Conforme levantamento do Ipec divulgado na sexta, 25, um quarto (26%) dos eleitores de Bolsonaro sinalizam o voto em Lula (PT) nas eleições de 2022. O número é ainda maior quando se trata das pessoas que elegeram o atual Chefe do Executivo e não votariam nele de jeito nenhum no próximo ano: 34%.

+++LEIA MAIS: Reprovação ao governo Bolsonaro chega em 50%, aponta pesquisa

Segundo o colunista Lauro Jardim, o perfil dos arrependidos em eleger Bolsonaro é parecido com os eleitores de Lula em 2000: pessoas com o ensino fundamental, nordestinas, residentes do interior, renda familiar de até um salário mínimo e que se autodeclaram pretas ou pardas. 

O cientista político Osvaldo Amaral, da Unicamp, afirmou (via O Globo) que os arrependidos em eleger Bolsonaro são influenciados pelo quadro econômico e pandêmico, sem se importarem com o conservadorismo: 

+++LEIA MAIS: Bolsonaro volta a atacar imprensa e manda repórter calar a boca: 'Vocês são uns canalhas'

“A pesquisa mostra que há um contingente de desiludidos que apostaram em Bolsonaro em razão da onda antipetista, mas que não são casados com suas pautas ideológicas. São pessoas que perderam empregos ou familiares para a Covid e que têm uma memória melhor dos governos do Lula,” explicou Amaral.

Conforme o levantamento Ipec, Lula está à frente de Bolsonaro em diversas faixas. Entre católicos, por exemplo, o ex-presidente tem 52% da preferência enquanto o atual chefe do Executivo tem 32%. No sul, o petista tem 35% das intenções de voto contra 29%.

+++LEIA MAIS: 'Quem não está contente comigo, tem Lula em 2022’, diz Bolsonaro após se irritar com apoiadora

Segundo o O Globo, os dados da pesquisa indicam que Lula tem vantagem na disputa presidencial, com 49% das intenções de voto contra 23% de Jair Bolsonaro - caso as eleições ocorressem hoje, o petista venceria no primeiro turno. Para a realização do levantamento, 2002 pessoas foram ouvidas entre 17 e 21 de junho em 141 municípios, e a margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos. 


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL