Pulse

The Boys: cena de sexo entre super-heróis foi cancelada; entenda

Falta de orçamento excluiu da série algumas das cenas pensadas pelo criador

Redação Publicado em 01/08/2019, às 17h58

None
Personagens da série The Boys, da Amazon Prime Video (Foto: Divulgação)

The Boys, nova série da Amazon Prime, mostra um lado diferente dos super-heróis regado a violência, loucura, sexo e depravação. Ao lado de Euphoria, da HBO, é uma das séries mais polêmicas deste ano - e mostra como Eric Kripke, o criador do programa, não tem ressalvas na hora de criar o enredo. 

Porém, o cineasta revelou ao EW que, se dependesse dele, a produção seria ainda mais ousada, mas duas das cenas acabaram ficando de fora: uma por corte da produção (acharam a cena de masturbação de Homelander [Antony Starr] “desnecessária” e outra, por baixo orçamento, nem chegou a ser gravada. 

+++ LEIA MAIS: Quem são os The Boys, a "paródia" polêmica da Liga da Justiça que estreou como série de TV [ANÁLISE] 

"Queria ter mostrado um homem de gelo transando com uma mulher enquanto ela usava um casaco de pelo. Foi rejeitado porque, logisticamente, seria complicado demais com a verba que nós tínhamos", revelou Kripke. Na cena excluída, Billy Butcher (Karl Urban) e Hughie Campbell (Jack Quaid) estariam em um clube de swing exclusivo para super-heróis

The Boys é inspirada nos quadrinhos criados por Garth Ennis e Darick Robertson. A história mostra os super-heróis aproveitando a fama no melhor estilo “sexo, drogas e rock n’ roll.”

+++ LEIA MAIS: Nova série da HBO mostra cena de sexo entre integrantes do One Direction e incomoda fãs 

A produção da série da Amazon é por Seth Rogen, e o elenco principal conta com Karl Urban (Thor: Ragnarok), Jack Quaid (Vinyl), Erin Moriarty (Jessica Jones), Chace Crawford (Gossip Girl), Jessie T. Usher (Shaft), Dominique McElligott (House of Cards), Laz Alonso (Detroit em Rebelião), Tomer Kapon (7 Dias em Entebbe) e Karen Fukuhara (Esquadrão Suicida). A série foi renovada para uma segunda temporada. 

+++ ENTREVISTA RS: Rubel fala de carreira acidental, conta como criou "Partilhar" e que quer ser popular