Brad Pitt consegue ordem judicial contra “invasor profissional”

Vitalii Sediuk atacou o ator durante pré-estreia do filme Malévola, estrelado por Angelina Jolie

Redação Publicado em 30/05/2014, às 17h14 - Atualizado às 17h20

.
Matt Sayles/AP

Após ser atacado por Vitalii Sediuk na noite desta quarta-feira, 28, em no El Capitan Theatre, em Los Angeles, Brad Pitt conseguiu uma ordem judicial contra o “invasor profissional”, que também já subiu ao palco do Grammy de 2013 para fazer um discurso de agradecimento no lugar da premiada Adele, tentou beijar o ator Will Smith, na Rússia, e foi esbofeteado por ele, e chegou a se esconder debaixo do vestido de America Ferrera, em Cannes.

Oscar 2014: saiba quem levou a estatueta para casa.

De acordo com o site da revista norte-americana The Hollywood Reporter, Sediuk avançou correndo em direção ao ator, que estava acompanhando a esposa Angelina Jolie na pré-estreia de Malévola. Uma testemunha diz que o invasor teria dado um soco ou um tapa em Pitt. No mesmo momento, ele foi cercado e levado para fora do local com algemas. A polícia prendeu o invasor, segundo o representante do departamento de Los Angeles, e teve a fiança estipulada em US$ 20 mil.

Brad Pitt e Angelina Jolie devem voltar a trabalhar juntos pela primeira vez em nove anos.

A polícia de Los Angeles emitiu uma ordem judicial emergencial nesta quinta-feira, 29, para manter Sediuk longe do ator. O pedido, que tem validade de apenas cinco dias, pode ser estendido se Brad Pitt quiser.