Brad Pitt e Edward Norton ficaram ‘chapados demais’ na estreia de Clube da Luta

"Nós éramos os idiotas no fundo da sala rindo das nossas próprias piadas", disse Pitt

Redação Publicado em 10/01/2020, às 12h22

None
Brad Pitt e Edward Norton em Clube da Luta (Foto: Reprodução)

Durante uma entrevista para o podcast WTF com Marc Maron, Brad Pitt revelou que ele e Edward Norton ficaram ‘chapados demais’ na estreia de Clube da Luta.

O astro hollywoodiano, que estava promovendo o filme Era Uma Vez Em... Hollywood, de Quentin Tarantino, comentou sobre filmes que não tiveram um bom desempenho nas bilheterias mundiais, mas que acabaram se tornando cult após o lançamento. Exemplo disso é o Clube da Luta, de 1999. 

+++ LEIA MAIS: Criador de Clube da Luta volta a desenvolver duas séries depois golpe de agente

Com o advento dos DVDs, era quase impossível encontrar uma residência nos Estados Unidos que não tivesse uma cópia do clássico de David Fincher. Contudo, a princípio, os espectadores não entenderam a proposta do filme.

Na estreia de Clube da Luta no Festival de Veneza de 1999, Pitt e Norton decidiram fumar maconha antes da sessão. E, enquanto eles se divertiam, o público estrangeiro parecia não entender o que estava sendo reproduzido.

"A primeira piada aparece - e são grilos. Um silêncio mortal. Mais uma piada, e está completamente silencioso. 

+++Leia mais: A Múmia, Clube da Luta e Matrix: 14 filmes que completaram 20 anos em 2019 [LISTA]

"A primeira piada aparece - e são grilos. É um silêncio mortal. E outra piada, e a sala continua completamente silenciosa. Essa coisa não está sendo traduzida - você sabe, são legendas e não estão traduzindo nada", disse Pitt

"E, quanto mais aquilo acontecia, mais engraçado ficava para Edward e mim… Então nós começamos a rir. Nós éramos os idiotas no fundo da sala rindo das nossas próprias piadas - os únicos", concluiu.

 


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'