Brad Pitt foi mascote vestido de frango antes de ser o galã de Hollywood

"Um homem precisa comer," justificou-se para Ellen Degeneres

Redação Publicado em 24/08/2020, às 17h43

None
Brad Pitt no Globo de Ouro 2020 (Foto: Jordan Strauss / Invision / AP)

Antes de ser um ator famosíssimo, ganhador de Oscar e ter casado com duas das atrizes mais talentosas de Hollywood, Brad Pitt era um “zé ninguém”. Assim que se mudou para Califórnia nos anos 1980, o ator teve dificuldades em arranjar dinheiro - e fez vários bicos, inclusive como mascote de restaurante.

Pitt detalhou o emprego-pré-fama em uma entrevista para Ellen DeGeneres: “Foi na inauguração [do El Pollo Loco, restaurante] na Sunset [Boulevard] e La Brea [Avenue, cruzamento famoso de Hollywood].”

+++ LEIA MAIS: Brad Pitt e Adele estão 'se conhecendo melhor', revela site

DeGeneres parece incrédula, mas Pitt reforça: “Eu fui… Um homem precisa comer! Não tive vergonha. Eu precisava ficar sacudindo uma placa de ‘Grande Abertura.’” Ele não lembra quanto ganhou, mas lembra algo: “Me mostraram muito o dedo do meio.”

Isso foi em 1987. Naquele mesmo ano, Pitt entrou nas aulas de teatro, e ganhou alguns papeis como figurante. Depois, apareceu em séries (já com falas e nome nos créditos) como 21 Jump Street e Freddy’s Nightmare. Em 1991, veio seu primeiro hit: Thelma & Louise.

+++ DELACRUZ SOBRE FILHOS, VIDA E MÚSICA: 'ME ENCONTREI NO AMOR, NA FAMÍLIA, NO LADO BOM'