Brad Pitt foi ‘seduzido’ pela Cientologia no início dos anos 1990, fez a iniciação antes de romper com tudo; conheça a história

Cientologistas deram depoimentos a jornais sobre a experiência do ator com a religião

Redação Publicado em 21/09/2020, às 10h04

None
Brad Pitt no Globo de Ouro 2020 (Foto: Jordan Strauss / Invision / AP)

Antes de Brad Pitt virar o ator que todos nós conhecemos e amamos, ele foi "seduzido" pela Cientologia no início dos anos 1990, fez a iniciação antes de romper com tudo. O artista foi adepto da religião por cerca de três anos, onde ele foi posto como "gêmeo" de menina de 15 anos de idade por até cerca de cinco horas por dia em uma sauna quente, durante rituais de "purificação" e superiores da igreja gritaram com ele em sessões de "bullbaiting" (via Page Six).

Pitt conheceu a religião por conta de uma ex-namorada da época, a atriz Juliette Lewis. Após aqueles três anos, ele rompeu com a Cientologia com o intuito de alcançar a fama como ator de Hollywood.

De acordo com o site, uma fonte da Cientologia lembrou que durante o tempo do artista lá, ele passou por um "processo de purificação" no Portland Celebrity Center, e ficou por horas em uma sauna quente, na qual foi designada uma adolescente como "colega".

+++LEIA MAIS: Johnny Depp 'torturou' DiCaprio em set de filme de 1993 porque não gostava muito do colega adolescente

Essa fonte é um ex-membro e falou com o The Sun sobre ele e a experiência de Brad Pitt. "Eu estava sendo treinado para ser um supervisor de curso, então fui enviado para o Celebrity Center Portland para treinamento", revelou. "Enquanto eu estava lá, conheci a filha adolescente do diretor executivo de uma empresa de Scientology com sede em Portland".

A pessoa entrevistada continuou: "Uma das coisas que ela me disse foi que Brad Pitt, que estava namorando a cientologista Juliette Lewis na época, fez o resumo da purificação no Celebrity Center Portland. Ele fez isso lá para ficar longe dos olhos do público".

A menina foi escolhida para ser "gêmea" de Pitt, porque "ela era filha de um cientologista estabelecido". "Na igreja de Cientologia , muitas vezes as pessoas são emparelhadas e responsabilizadas por ajudarem umas com as outras durante cursos, por isso ela frequentou a sauna com Brad Pitt todos os dias durante o mês, ou mais, que demorou para passar", explicou a fonte. "Ela estava definitivamente na sauna com ele, mas não havia nada de ruim nisso".

+++LEIA MAIS: Marvel procura Robert Pattinson para outra franquia bilionária, diz site

A sauna faz parte do processo de purificação "desenvolvido pelo fundador da Cientologia L. Ron Hubbard, que consiste em altas doses de vitaminas, longas saunas e exercícios", de acordo com o Sun. Segundo registros da religião, Pitt concluiu algumas terapias em julho de 1991 e um "curso especial em avaliação humana" em maio de 1993.

Além desse relato, Michael Mallen, ex-supervisor de igreja que Brad Pitt frequentou, contou ao jornal como ele "insultou [o ator] para cara***" e o abusou verbalmente até que ele saiu da sala de aula. Mallen ficou 40 anos na Cientologia , mas rompeu em 2014 e escreveu o livro Brainwashed sobre a experiência.

+++LEIA MAIS: Caça às bruxas: perseguições, cinema de horror e racismo religioso [ESPECIAL]

"A primeira rotina de treinamento envolve você sentado em frente a outra pessoa com os olhos fechados por algum tempo", disse. "Então você olha para outra pessoa com os olhos abertos por duas horas. Depois de passar por esse exercício, você vai para o que é chamado bullbaiting".

Ele continuou: "O 'treinador' tenta fazer o aluno reagir apertando os 'botões' do aluno. Foi o que fiz com Brad Pitt. Fiz isso sem piedade, insultando-o profundamente. A então namorada Juliette Lewis estava lá. Ele ficou tão puto que saiu do trailer e se separou".

"Juliette teve que resgatá-lo; ele só precisava se acalmar. Acho que ninguém o havia atacado antes", adicionou. "Eu estava muito duro com ele, mas esse é o ponto inteiro, para levar a pessoa onde ela não está mais reagindo e pode estar confortavelmente lá".

+++LEIA MAIS: Heisenberg, é você? Trump recebe carta com veneno mortal usado por Walter White em Breaking Bad

Então, em 1993, Brad Pitt rompeu com a Cientologia . "Ouvi dizer que ele fez o resumo da purificação em Portland", relembrou Michael Mallen. "Parece que ele decidiu que já estava cheio naquela época. Eles tentaram trazê-lo de volta, mas ele nunca continuou com a religião".


+++ JOÃO GORDO: 'O QUE ESTÁ ACONTECENDO HOJE NO BRASIL É COMPLETAMENTE SURREAL' | ROLLING STONE