Brasileiros não vencem nas categorias principais do Grammy Latino

Juan Luis Guerra e Camila são destaque; nos prêmios dedicados aos brasileiros, Gilberto Gil, Adriana Calcanhotto e Sergio Mendes foram alguns dos ganhadores

Da redação Publicado em 12/11/2010, às 12h03

João Donato levou o prêmio de melhor álbum de jazz latino por <i>Sambolero</i>

Ver Galeria
(11 imagens)

Aconteceu na noite da última quinta, 11, em Las Vegas, a entrega do Grammy Latino de 2010. Este ano, os destaques foram o dominicano Juan Luis Guerra, que faturou três troféus, e o trio mexicano Camila. Na 11ª edição da festa, os artistas brasileiros foram preteridos nas categorias principais, de forma geral, levando o gramofone de ouro apenas naquelas dedicadas aos artistas daqui. A exceção foi João Donato, que ganhou o prêmio de melhor álbum de jazz latino por Sambolero.

Como já é costume, a noite foi dividida em duas: em uma primeira cerimônia, aconteceu o anúncio de 34 prêmios, dentre eles aqueles que laureiam a música brasileira, entregues pela apresentadora Hebe Camargo. Na categoria melhor canção MPB, saiu campeã "Tua", composição de Adriana Calcanhotto cantada por Maria Bethânia. Já Banda Dois, de Gilberto Gil, foi escolhido como melhor álbum de MPB (o músico também venceu em melhor álbum de música de raízes brasileiras - regional por Fé na Festa).

O Charlie Brown Jr ficou com melhor álbum de rock brasileiro (Camisa 10 Joga Bola Até Na Chuva), enquanto Sergio Mendes e seu disco Bom Tempo foram agraciados com o gramofone de melhor álbum de pop contemporâneo brasileiro. Diogo Nogueira abocanhou o prêmio de melhor álbum de samba e pagode com o trabalho Tô Fazendo a Minha Parte (veja outros vencedores nas categorias de música brasileira abaixo).

Na segunda parte da festa (com apresentação de Eugenio Derbez e Lucero), que trouxe as principais categorias, Juan Luis Guerra foi um dos mais contemplados. Ele recebeu os prêmios de álbum do ano, melhor álbum tropical contemporâneo e melhor canção tropical - ou seja, venceu em três das quatro categorias em que concorria. O trio Camila faturou a gravação do ano (que Maria Bethânia também disputava) por "Mientes", melhor álbum vocal pop de grupo (Dejarte de Amar) e canção do ano, também por "Mientes".

A noite ainda trouxe diversas apresentações, como as de Ricky Martin, Wisin e Yandel com participação de Enrique Iglesias e da brasileira Maria Gadú. Claudia Leitte (que entregou um dos prêmios), Jennifer Lopez e seu marido Marc Anthony também marcaram presença na cerimônia.

Veja, abaixo, os indicados e vencedores (em negrito) em algumas das categorias do Grammy Latino 2010. A lista completa está no site oficial do Grammy Latino.

Gravação do ano

"Tua", Maria Bethânia

"Se Me Hizo Fácil", Buika

"Mientes", Camila

"Una Canción Me Trajo Hasta Aquí", Jorge Drexler

"Desde Cuando", Alejandro Sanz

Canção do ano

"Cuando Me Enamoro", Descemer Bueno e Enrique Iglesias

"Desde Cuando", Alejandro Sánz e Tomas Torres

"Las Calles", Rubén Blades

"Mientes", Mario Domm e Mónica Vélez

"Una Canción Me Trajo Hasta Aquí", Jorge Drexler

Álbum do ano

Y., Bebe

Cardio, Miguel Bosé

Dejarte De Amar, Camila

A Son de Guerra, Juan Luis Guerra

Paraíso Express, Alejandro Sánz

Artistas revelação

Alex Cuba

Estrella

Maria Gadú

Jotdog

Koko

Melhor álbum de rock vocal

Bohemia Suburbana, Bohemia Suburbana

On the Rock, Andrés Calamaro

Fuerza Natural, Gustavo Cerati

Hipnosis, Chetes

Si No Nos Mata, Viniloversus

Melhor canção de rock

"Arena", Chetes

"Cárcel", Bengala

"Deja Vu", Gustavo Cerati

"Lo Comandas", Banda de Turistas

"Los Divinos", Andrés Calamaro

Melhor álbum pop de dupla ou grupo vocal

Dejarte De Amar, Camila

X Anniversarium, Estopa

Jotdog, Jotdog

Los Claxons, Los Claxons

Aquí y Ahora, Taxi

Melhor álbum vocal pop feminino

Y. , Bebe

Black Flamenco, Estrella

Mi Plan, Nelly Furtado

Boleto de entrada, Kany García

Cuéntame, Rosario

Melhor álbum vocal pop masculino

Iconos, Marc Anthony

Alex Cuba, Alex Cuba

Vinagre y Rosas, Joaquín Sabina

Paraíso Express, Alejandro Sanz

Métodos de Placer Instantáneo, Aleks Syntek

Melhor álbum de cantor-compositor

Cantares del Subdesarrollo, Rubén Blades

Cruce de Caminos, Santiago Cruz

Amar la Trama, Jorge Drexler

Maria Gadú, Maria Gadú

El Tiempo del Viento, Pavel Núñez

Segunda Cita, Silvio Rodríguez

Melhor álbum instrumental

Luiz da Aurora, Yamandu Costa e Hamilton de Holanda

O Tempo e a Música, Arthur Maia

Afrobossanova, Paulo Moura e Armandinho

A Time for Love, Arturo Sandoval

Latin American Chillout, Soto 75

Melhor álbum de jazz latino

L-O-V-E, Issac Delgado

Sambolero, João Donato Trio

Off and On: The Music of Moacir Santos, Mark Levine And The Latin Tinge

Psychodelic Blues, Poncho Sanchez

Cuban Dreams, Chuchito Valdés

Esta Plena, Miguel Zenón

Melhor álbum infantil latino

MPB Pras Crianças, Banda de Boca

Luis Pescetti, Luis Pescetti

Insectos e Bicharracos, Rita Rosa

Brasileirinhos, vários artistas

Lo Mejor de Playhouse Disney, vários artistas

Melhor canção MPB

"Há de Ser", Jorge Vercillo

"Litoral e Interior", Sérgio Santos

"Quebra-mar", Dori Caymmi e Paulo Cesar Pinheiro (Dori Caymmi)

"Tantas Marés", Edu Lobo e Paulo César Pinheiro

"Tua", Adriana Calcanhotto (Maria Bethânia)

Melhor álbum MPB

Não Vou pro Céu, mas já não vivo no chão, João Bosco

Inner World, Dori Caymmi

Banda Dois, Gilberto Gil

Toninho Horta - Harmonia & Vozes, Toninho Horta

Slow Music, Joyce

D.N.A. , Jorge Vercillo

Melhor álbum de pop contemporâneo brasileiro

Vagarosa, Céu

Africanatividade - Cheiro de Brasil, Sandra de Sá

As Máscaras, Claudia Leitte

Bom Tempo, Sergio Mendes

Ao Vivo: na Linha do Tempo vol.1, Michael Sullivan

Melhor álbum de rock brasileiro

Camisa 10 Joga Bola Até na Chuva, Charlie Brown Jr

Das Kapital, Capital Inicial

Hubris I & II, Andreas Kisser

Vivo na Cena, Nasi

Sete Chaves, Nx Zero

Melhor álbum de samba e pagode

Acesa, Alcione

Poeta da Cidade: Martinho Canta Noel, Martinho da Vila

Ao Vivo no Morro, Grupo Revelação

Monobloco 10, Monobloco

Tô Fazendo a Minha Parte, Diogo Nogueira

MTV Especial Zeca Pagodinho - Uma Prova de Amor Ao Vivo, Zeca Pagodinho

Melhor álbum de música sertaneja

Coração Apaixonou - Ao Vivo, João Bosco & Vinícius

Se For Pra Ser Feliz, Chitãozinho e Xororó

Double Face, Zezé di Camargo & Luciano

Esse Alguém Sou Eu, Leonardo

Retrato: aoVivo no Estúdio, César Menotti e Fabiano

Ao Vivo, Luan Santana

Ao Vivo e em Cores em São Paulo, Victor & Leo

Melhor álbum de música de raízes brasileiras - regional

Daquele Jeito, Frank Aguiar

10 anos - CD 2, Banda Calypso

Gaúcho doble chapa, Gaúcho da Fronteira

Lugar da Alegria, Eva

Fé na Festa, Gilberto Gil