Pulse

Brian Johnson, do AC/DC, divulga comunicado otimista sobre tratamento de problema auditivo

“Fiquei muito emocionado e surpreso por poder ouvir música novamente como há anos não conseguia”, diz o cantor sobre uma nova tecnologia

Rolling Stone EUA Publicado em 06/06/2016, às 10h58 - Atualizado às 13h04

Brian Johnson e Angus Young em show na Suíça, em junho de 2009: banda vai lançar disco ao vivo e tirar férias depois de turnê de dois anos
AP

O vocalista do AC/DC, Brian Johnson, cujos problemas auditivos o forçaram a abandonar a atual turnê da banda, Rock or Bust, divulgou um comunicado falando do tratamento dele. Jonhson encontrou Stephen Ambrose, especialista em tecnologia de ouvido, e está esperançoso de que o trabalho dele irá ajudar-lhe com a perda de audição.

“Funciona”, disse Jonhson sobre a tecnologia, chamada ADEL. “Funciona totalmente e não dá para discutir com isso. Fiquei muito emocionado e surpreso por poder ouvir música novamente como há anos não conseguia. Mal posso esperar para que ele seja miniaturizado e eu posso usá-lo em toda situação, para comunicação normal, ir a restaurantes barulhentos e me apresentar ao vivo.”

LEIA TAMBÉM

Axl Rose escolhe música favorita do AC/DC.

Vídeo: AC/DC e Axl Rose comentam turnê na Europa

Assista a trechos do primeiro show de Axl Rose com o AC/DC

Depois de Johnson revelar que os problemas auditivos ameaçavam levá-lo à “perda total da audição”, Ambrose contatou Johnson pelo YouTube. Ambrose, o criados do monitor interno de ouvidos popularizado inicialmente nos anos 1970, descobriu que a invenção dele poderia causar danos permanentes à audição.

Para melhorar o produto dele, Ambrose trabalhou com cientistas em um monitor interno para o ouvido que agia como um segundo e sintético tímpano que “absorve apenas as pressões sonoras nocivas.”

“Brian, apresentei um monitor interno de ouvido ao Guns N' Roses em 1990 e sou um grande fã da voz de Axl, mas vamos ser claros: estou com Roger Daltrey nisto. Não consigo imaginar ninguém a não ser você cantando ‘Back in Black’”, disse Ambrose em um vídeo divulgado por ele.

Assista abaixo.