Brian May ataca repórter inconveniente ao chegar na Austrália; assista

O guitarrista fez várias publicações no Instagram para explicar o incidente

Redação Publicado em 13/02/2020, às 08h01

None
Brian May na filmagem do Channel 7 em Brisbane, Austrália (foto: reprodução/ YouTube)

Brian May, mesmo conhecido pelo temperamento calmo e ‘da paz’, atacou um repórter logo após aterrizar na Austrália. O jornalista era da emissora Channel 7 e o vídeo foi ao ar no noticiário local.

O guitarrista desembarcou no país para os shows programados do Queen + Adam Lambert. Após sair do aeroporto da cidade de Brisbane, May relatou que viu alguns jovens com camisetas do Queen e foi falar com eles. No meio do grupo havia um operador de câmera a quem o músico chamou de “rude e desrespeitoso.”

+++LEIA MAIS: Elton John compara Rocketman e Bohemian Rhapsody, de Freddie Mercury: ‘O nosso fala a verdade’

O artista pediu ao operador que desligasse a câmera mais de uma vez, para não interromper o momento de intimidade com os fãs, até que o repórter acatou. Entretanto, logo depois o jornalista tentou filmar May com a câmera do celular, então o músico perdeu a calma e deu um tapa no aparelho.

Veja abaixo o incidente envolvendo Brian May relatado pela Channel 7:

May também fez um relato extenso e emocionante em 3 postagens no Instagram, que você pode conferir aquiou traduzido na íntegra abaixo:

+++LEIA MAIS: Axl Rose é fã de Freddie Mercury: ‘Abriu minha cabeça’

"Minhas boas vindas a Brisbane!

Primeiramente OBRIGADO a todas as pessoas que encontraram uma forma de me mandar mensagens de apoio enquanto eu estava silenciosamente tentando encontrar uma forma de lidar com os sentimentos gerados pelo incidente que aconteceu no Aeroporto de Brisbane, momentos após eu pousar na Austrália.

Não — eu não estou bem. Mas eu vou ficar. Certamente arruinou o meu dia e se era isso que vocês queriam, Canal 7, então vocês conseguiram. Existe uma linha tênue entre raiva e depressão e eu estive lutando contra tudo isso desde que eu fui encurralado e assediado por uma equipe de TV, assim que saí de um avião da Nova Zelândia. Agora, obviamente eu não sou um novato nisso … Eu interagi com literalmente milhares de repórteres, fotógrafos e operadores de câmera durante os últimos 50 anos. Eu não sou exatamente conhecido por ser agressivo, mesmo quando provocado, mas esse cara me pegou desprevenido — um dos operadores de câmera mais desrespeitosos e rudes que já encontrei. Conforme dirigíamos para sair do aeroporto, eu percebi um pequeno grupo de jovens com álbuns do Queen, dando tchau. Eu acho difícil simplesmente passar batido nesse caso.

Sim, eles poderiam ser caçadores de autógrafo do e-bay tentando ganhar uma grana, mas os caras pareciam ser fãs bem genuínos. Essas coisas ainda significam algo para mim. Então nós paramos o carro e eu saí para assinar seus materiais do Queene eles gentilmente me deram presentes tipicamente Australianos. Amável. Pressionando contra os jovens estavam um cara com uma enorme câmera de TV. Eu o havia percebido, obviamente, mas eu não fazia ideia de quem ele era — se ele era parte do grupo de jovens, ou uma terceira pessoa. Eu deixei ele filmar os breves momentos em que eu estava assinando os álbuns.

Mas esses jovens estavam claramente muito emocionados pelo encontro e eu senti que eles mereciam ter alguns momentos NÃO sendo filmados para serem compartilhados com o público. Então, da maneira mais gentil possível, eu virei para o operador de câmera e o pedi para pirar de filmar, já que ele já tinha sua reportageme nos dar alguns momentos em privado. Ele recusou. Ele continuou filmando e agressivamente colocou a câmera perto do meu rosto. Aquilo, para mim, foi como uma deliberada invasão ao meu espaço e extremamente não-amigável. Naquele momento, tudo mudou. (Continua). Bri"

+++LEIA MAIS: Por que John Deacon não falou com Freddie Mercury antes da morte do ex-vocalista do Queen?

"(Continuando da postagem anterior) Eu pedi ao operador de câmera pelo menos mais duas vezes para guardar a câmera e os jovens também. Um deles falou ‘Eu esperei metade da minha vida para conhecer o Brian e eu não quero que isso seja estragado por você’. O cara continuou filmandoe aí eu falei firmemente para ele guardar a câmera, ou isso se tornaria um incidente feio. Finalmente, ele apontou a câmera para cima e era bem óbvio que ela ainda estava ligada, gravando o som. Agora, é preciso muito para me deixar irritado, mas eu estava começando a ferver. Todo mundo tem um ponto de irritação, eu acho ? Eu continuei falando com os jovens, tentando ignorar a presença invasiva, mas aí ele pegou o seu iPhone e começou a nos filmar com aquilo. Aquela foi a última gota para mim. Eu fui em sua direção com a intenção de temporariamente separá-lo de seu telefone, e coloquei a minha mão nele, antes do meu segurança gentilmente me dissuadir. E aí eu percebi que havia entrado de cabeça em uma armadilha. O cara agora tinha o que ele queria. Ele poderia fazer disso uma história em que eu fosse retratado como alguém que atacou uma inocente vítima do jornalismo. Ele possuía a única gravação do incidente, então ele ou seus chefes poderiam editá-la em qualquer forma que preferirem, para fazer parecer com que eu perdi a cabeça sem razão.

E isso, previsivelmente, foi exatamente o que o Canal 7 fez. Eles poderiam ter feito uma reportagem sobre como nós viemos preparados para fazer a nossa parte pelo Fire Fight Australia [para ajudar a minimizar as consequências dos incêndios que assolaram o país] na semana que vem, o sobre o show massivamente lotado em Brisbane, ou até sobre como nós tivemos belas boas-vindas de alguns fãs no aeroporto. Mas não … eles fizeram a ‘reportagem’ com uma presunçosa introdução sobre Brian May “atacando” um operador de câmera, seguida de uma versão astutamente editada da filmagem, na qual eu apareço como um agressor. Eu me arrependo de ter ficado bravo, mas bravo eu estava, depois do que eu considero uma severa provocação, e para mim o comportamento do operador de câmera e da Equipe de Notícias do Canal 7 é pobre e vergonhoso. Eu gostaria de um pedido de desculpas de todos eles, mas é claro que as chances são pequenas. Eu não sei se foi tudo armado desde o começo — talvez tenha sido — ou se ele só deliberadamente agiu como um babaca para criar a reportagem, mas de toda forma …"

+++LEIA MAIS: Qual música do Queen foi escrita por Freddie Mercury para John Lennon?

(Continuando da postagem anterior) …mas de toda forma, eu tive um conflito para não me sentir abusado e indesejado. Eu sou sensível o suficiente para saber que a vasta maioria das pessoas aqui não são de forma alguma como isso. Eu passei a tarde hoje com meus primos, naturalizados Australianos pelos últimos 45 anos, e senti um calor massivo. E vários de vocês perceberam como eu deveria estar me sentido um merda e falaram comigo … eu sou eternamente grato. Eu sempre amei Queensland, e isso não irá mudar … tive alguns dos meus melhores momentos na vida no Barrier Reef, e chorei baldes vendo a tragédia dos Coalas e Cangurus nos incêndios recentes.

Essa noite eu ainda me sinto machucado, mas finalmente ser capaz de escrever isso é uma espécie de terapia. Eu tive que fazer o meu lado da história ser ouvido. Ser desrespeitado tão publicamente leva um tempo para superar.

Mas agora acabou. E amanhã de manhã eu vou levantar e fazer meus preparativos, com a intenção de dar uma das melhores performances da minha vida, com o combustível de novas lições aprendidas, e uma determinação de fazer o melhor de tudo isso.

E uma determinação de dar aos nossos maravilhosos fãs em Brisbane a melhor noite de suas vidas !!!

Vejo vocês lá !

Bri

+++LEIA MAIS: Como Freddie Mercury avisou à família que iria morrer?

PS: estou em contato com Cooper Simmons, o rapaz que vocês vêem na foto. Tanto ele quanto seus pais me apoiaram muito e foram muito críticos ao comportamento do Canal 7. Mas eu não consegui rastrear os outros fãs … me mandem uma mensagem se vocês lerem isso, caras.


+++ A MALDIÇÃO DO CORINGA, COM JOAQUIN PHOENIX, HEATH LEDGER, JACK NICHOLSON E MAIS: