Brian Wilson mantém esperanças de novas músicas do Beach Boys

"Tenho certeza de que estaremos prontos no começo do ano que vem", diz o líder do grupo

Steve Baltin Publicado em 19/09/2012, às 18h17 - Atualizado às 19h56

Beach Boys
AP

Apesar de Mike Love ter afirmado que a turnê do Beach Boys vai continuar sem Brian Wilson, Al Jardine e David Marks, o quinteto esteve completo na noite desta terça-feira, dia 18, no Grammy Museum, em Los Angeles, para uma noite de festividades, incluindo um show e o lançamento de uma nova exposição narrando cronologicamente a história do grupo. Entre os itens em destaque, um ensaio de filosofia de Brian Wilson, do ensino médio; cópias assinadas dos discos Pet Sounds e Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (por Wilson e Paul McCartney, respectivamente), pôsteres de turnês antigos e algumas das mais icônicas camisas da banda.

Perfil: Celebrando 50 anos de existência, o Beach Boys relembra extenso legado

Depois de receberem uma placa com o certificado de platina triplo pela coletânea de hits Sounds of Summer: The Very Best of the Beach Boys, os integrantes subiram ao palco para mostrar suas harmonias na sublime "Surfer Girl", a roqueira "California Girls" e a empolgante "I Get Around", que levou a multidão.

A banda também participou de uma sessão de perguntas e respostas dos mais variados temas, da criação da banda até a "rivalidade" com os Beatles, com Wilson contando a tão já dita história sobre sua fixação em criar a música "God Only Knows" num esforço de "escrever algo tão bom quanto o disco Rubber Soul".

Sobre Smile, que Wilson terminou com a ajuda do letrista Van Dyke Parks e foi apresentado somente em 2004, no Royall Albert Hall, ele disse: "Eu e meu colaborador estávamos tomando muitas drogas. Nós achávamos que era muito avant garde, muito à frente do seu tempo, então nós terminamos 35 anos depois. Estreou em Londres e foi muito bem".

Sobre como os projetos solo dos integrantes talvez impedissem de criar mais músicas além do álbum That's Why God Made the Radio, deste ano, Jardine afirmou: "O Beach Boys é o mais importante. Não estou interessado em outras coisas". E Wilson deu a melhor resposta da noite, quando afirmou: "Eu não me importaria em me reunir com Mike [Love] e os outros cara para fazer um emocionante álbum de rock and roll". Ele completou: "Tenho certeza de que lá pelo início do ano que vem estaremos prontos".

No começo da semana, no entanto, Mike Love divulgou um comunicado explicando que ele e Bruce Johnston continuarão a turnê sem os outros integrantes do grupo. "Ao seguirmos em frente, Bruce e eu esperamos tocar ao vivo para os fãs de Beach Boys em todo lugar. A reunião de 50 anos foi planejada para ter o começo e um fim para marcar a importante comemoração para a banda”.

Wilson, grande compositor da banda, postou em seu Tumblr que recentemente precisou passar por duas cirurgias para corrigir um problema nas costas.