Briga no System of a Down: novo disco não deve sair tão cedo; entenda

A banda não lança álbuns novos desde Mezmerize/Hypnotize, de 2005

Redação Publicado em 16/05/2019, às 16h07

None
Serj Tankian, vocalista do System of a Down (Foto: John Shearer/AP)

Quando Mezmerize/Hypnotize, os últimos discos do System of a Down saíram em 2005, o mundo era um lugar diferente. Naquela época, a gente “queimava” CDs para gravar músicas, arrasavamos com nossos celulares de flip e webcams no MSN, o YouTube tinha poucos meses de vida (e o Facebook era só para estudantes de Harvard) e “Um Minuto Para o Fim do Mundo”, do CPM 22, era a música mais tocada no Brasil.

O System entrou em hiato no ano seguinte, 2006, e voltou à ativa só em 2010. Desde então, os fãs pedem por um álbum novo. Mas parece que, mais uma vez, isso não vai acontecer.

Daron Malakian, guitarrista, revelou ao Talk Is Jericho que ele e Serj Tankian, vocalista, não estão em bons termos, e há conflito por diferenças criativas.

“O System tem um certo jeito de montar os álbuns e as músicas: eu escrevo e tal, e produzimos junto com Rick [Rubin]. E o Serj quer fazer as coisas de um jeito diferente. E não sou só eu - somos [eu, Shavo Odadjian, baixo, e John Dolmayan, bateria] que não vemos para onde ele quer levar a banda. Então estamos assim. Muita gente acha que sou só eu e ele [que discordamos], mas não é o caso”, explicou Malakian.

No ano passado, Tankian disse que, de fato, o álbum não saia porque ele estava impedindo, e acusou Malakian de ser controlador e ter causado o hiato da banda.

“Quando começamos [a banda] éramos iguais. Quando Mezmerize/Hypnotize saiu, era o oposto, e Daron controlava o processo criativo, ganhava a maior parte de publicações, sem contar que só ele podia falar com a mídia. Eu queria sair do System of a Down até antes disso por questões de evolução”, contou.

+++ [Session RS] Di Ferrero revela qual música criou ao conhecer a esposa Isabeli Fontana