Britney Spears faturou US$ 500 mil para mostrar marcas em clipe

A estratégia de "product placement" foi utilizada no recém-lançado vídeo de "Hold it Against Me"

Da redação Publicado em 22/02/2011, às 17h38

Britney Spears faturou US$ 500 mil ao mostrar nomes de marcas no vídeo de "Hold it Against Me"
AP

De acordo com uma nota publicada pelo site TMZ nesta terça, 22, Britney Spears faturou US$ 500 mil (cerca de R$ 836,5 mil) para exibir nomes de marcas no videoclipe de "Hold it Against Me". Assistindo ao clipe, não é preciso prestar muita atenção para se notar que diversos aparelhos da Sony (que, por sinal, é a gravadora da artista), além de produtos de beleza e o site de relacionamento Plentyoffish.com, aparecem de forma bastante clara em algumas cenas.

Fontes ligadas à produção do vídeo revelaram que o Plentyoffish.com, sozinho, pagou um valor de seis dígitos para estampar a tela do computador que Britney usa no clipe. E valeu a pena: no dia da estreia de "Hold it Against Me", o trafégo no portal aumentou em 20%.

Vale lembrar que o diretor do videoclipe, Jonas Åkerlund, também cuidou da direção de "Telephone", outro trabalho conhecido por expor nomes de muitos produtos em uma estratégia de marketing chamada "product placement".

Femme Fatale

Enquanto o novo disco de Britney não chega ao mercado, o produtor Dr. Luke continua a aguçar a curiosidade dos fãs da cantora postando trechinhos de músicas em sua conta no SoundCloud. A mais recente novidade é o pedaço de pouco mais de 20 segundos de "I Wanna Go", que pode ser ouvido abaixo. Os 15 segundos de "Inside Out" divulgados anteriormente podem ser escutados aqui.

I wanna go teaser by drluke