Britney Spears pediu para que pai não fosse mais o tutor à justiça; entenda o caso

Jamie Spears se tornou tutor da filha após a diva pop sofrer um colapso mental em 2007

Redação Publicado em 19/08/2020, às 09h25

None
Britney Spears (Foto: Chris Pizzello / Invision /AP)

Britney Spears não quer mais que o pai, Jamie Spears, seja o tutor legal dela. De acordo com informações do The New York Times, repercutidas pela NME, o advogado da artista apresentou um pedido na justiça, o qual afirma que "uma grande reforma em como sua tutela é administrada é necessária para refletir seu estilo de vida atual e seus desejos".

Jamie passou a ser tutor da filha após a diva pop ter um colapso mental em 2007. Segundo o Uol, o pai dividia a função com o advogado Andrew Wallat até o ano passado. 

+++ LEIA MAIS: Free Britney: do sonho ao pesadelo, como todos nós estragamos a vida de Britney Spears

De acordo com informações do The Sun, repercutidas pelo Uol, a cantora declarou que “prefere fortemente” Jodi Montgomery, que se tornou tutora temporária da artista após Jamie lidar com problemas de saúde, como responsável permanente pela função. 

“Sem renunciar, de forma alguma, ao direito de buscar o fim desta tutela no futuro, Britney gostaria que a nomeação da Sra. Montgomery como tutora de sua pessoa se tornasse permanente”, declarou o advogado da artista. 

+++ LEIA MAIS: A polêmica cabeleireira que raspou cabelo de Britney Spears - e depois quis vender por R$4.4 milhões

De acordo com os documentos entregues na justiça, Britney ainda afirmou que não quer o envolvimento exclusivo do pai nas finanças dela e pediu para “fiduciário corporativo qualificado” ajudar na administração. 

Recentemente, os fãs da cantora criaram a hashtag #FreeBritney para questionar o desempenho de Jamie como tutor e a administrador das finanças da filha, atividade que, a partir do ano passado, passou a ser exercida exclusivamente por ele.

Em resposta às acusações, o pai da cantora disse que este é um assunto particular e não deve ser discutido em público. “Todas esses teóricos da conspiração não sabem de nada. O mundo não tem ideia [...] Cabe ao tribunal da Califórnia decidir o que é melhor para minha filha”, disse Jamie. “Não é da conta de ninguém”, completou. 


+++ DECLACRUZ SOBRE FILHOS, VIDA E MÚSICA: 'ME ENCONTREI NO AMOR, NA FAMÍLIA, NO LADO BOM'