Brittany Murphy queria lançar álbum, diz DJ

Paul Oakenfold, parceiro musical de Madonna, fala sobre os dotes de cantora de Brittany Murphy, morta na semana passada

Da redação Publicado em 29/12/2009, às 11h40

O DJ Paul Oakenfold, conhecido por sua parceria com Madonna, falou à revista People sobre os planos musicais da atriz Brittany Murphy, morta em 20 de dezembro, aos 32 anos, por uma overdose de medicamentos.

O DJ britânico trabalhou com Murphy na faixa "Faster Kill Pussycat", que entrou no segundo álbum de estúdio dele, A Lively Mind (2006). Fora isso, ela exercitou seus dotes de cantora no filme de animação Happy Feet - O Pinguim, em que vocalizou "Somebody to Love", do Queen, e "Boogie Wonderland", do Earth, Wind & Fire.

"Brittany treinou como cantora antes de emplacar como atriz", contou Oakenfold. "Ela era uma grande atriz, mas tinha grande potencial vocal."

Murphy planejava lançar um álbum de estúdio, revelou o amigo. "Ela teria feito bem. Queria tentar isso comigo, este som de blues esfumaçado com ritmos eletrônicos. Originalmente, ela queria soar mais tradicional, mas eu disse a ela que nós devíamos ousar mais. (...) É apenas vergonhoso que o mundo não vá ouvir mais canções de Brittany Murphy."

Assista ao vídeo de "Faster Kill Pussycat":