Pulse

Rolling Stone Festival: Plutão Já Foi Planeta abre evento com performance poética e desenvolta

O quinteto potiguar executou canções como "Viagem Perdida", "Alto Mar" e "Daqui Pra Lá"

Gabriel Nunes Publicado em 03/12/2016, às 15h39 - Atualizado em 09/12/2016, às 15h53

Plutão Já Foi Planeta no Rolling Stone Festival

Ver Galeria
(16 imagens)

O Plutão Já Foi Planeta subiu ao palco Devassa Sente o Clima para dar início à maratona de shows do Rolling Stone Festival, que acontece neste sábado, 3, no Memorial da América Latina, em São Paulo.

Formado em Natal, no Rio Grande do Norte, o quinteto abriu a apresentação com a faixa “Alto Mar”; um pop enérgico, permeado por sintetizadores cinematográficos e cheio de nostalgia oitentista. Debruçada sobre o teclado, a vocalista Natalia Noronha golpeava o instrumento com movimentos teatrais, enquanto a banda ao fundo a acompanhava com igual desenvoltura.

Apesar da abertura acenando ao synth pop lisérgico de grupos como Tame Impala, a espinha dorsal que sustentou o show da banda potiguar foram as poéticas baladas românticas pautadas no indie folk, sonoridade inerente ao grupo desde o debute Daqui Para Lá (2014).

Em “Você Não É Mais Planeta”, o PJFP fez sangrar a veia mais dançante de todo o repertório da performance. “Tá quente aí, galera?”, perguntou Natalia. “A gente é de Natal, então estamos um pouco mais familiarizados com esse clima”, completou a cantora, à medida que as pessoas se aglomeravam em frente ao palco sob o sol forte de dezembro.

Já em “Mesa 16”, Natalia empunhou o violão e dividiu o microfone com o multi-instrumentista Gustavo Arruda. “Apoiem as bandas da sua cidade”, disse o músico em determinado momento. “Isso faz com que a cena cresça”, arrematou fazendo referência à banda independente natalense Koogu, que estampava a camiseta dele.

O Plutão Já Foi Planeta encerrou o primeiro show do Rolling Stone Festival ao som de “Viagem Perdida”. Sob os gritos consecutivos de “Plutão! Plutão! Plutão!” da plateia, a banda, que também é formada por Sapulha Campos, Vitória de Santi e Khalil Oliveira, reuniu-se à frente do palco em um gesto de agradecimento ao público.

Veja a line-up completa abaixo:



PALCO DEVASSA PURO MALTE



CAPITAL INICIAL: 23h – 0h30h

TITÃS: 21h30 – 22h30

FREJAT: 20h – 21h

EMICIDA: 18h30 – 19h30

IRA!: 17h – 18h



PALCO DEVASSA SENTE O CLIMA

SEPULTURA: 22h30 – 23h45

REPUBLICA: 21h – 22h

FAR FROM ALASKA + EGO KILL TALENT: 19h30 – 20h30

SCALENE: 18h – 19h

PAULO RICARDO: 16h30 – 17h30



Acompanhe a cobertura do festival pelas nossas redes sociais: Estamos no Twitter (@rollingstonebr), Facebook (/rollingstonebrasil) e Instagram (@rollingstonebrasil). Poste seus vídeos e fotos com a hashtag #rollingstonefestival e marque a gente!