Bruce Springsteen faz cover de “Royals”, da Lorde, na Nova Zelândia

“You can call me king bee”, ele cantou, mudando a letra, em versão acústica

Rolling Stone EUA Publicado em 01/03/2014, às 15h43 - Atualizado às 16h39

Bruce Springsteen
Divulgação/Facebook

A atual turnê de Bruce Springsteen pela Austrália e Nova Zelândia contou com algumas das mais surpreendentes escolhas de cover da carreira do cantor, mas ele se superou em Auckland, na Nova Zelândia, quando subiu ao palco e deu início ao show com uma versão “Royals”, da Lorde. A interpretação solo acústica fez a canção soar como se tivesse sido feita durante as sessões de gravação de Nebraska. Ele fez breves mudanças na letra, cantando “you can call me king bee” ("você pode me chamar de rei-abelha"), em vez de “queen bee” ("abelha rainha").

Bruce Springsteen chama Eddie Vedder para novo cover do AC/DC; assista.

O show no estádio Mt. Smart de Auckland marcou a segunda aparição de Springsteen na Nova Zelândia, e foi a primeira vez dele lá em 11 anos.

Durante a temporada australiana da turnê, Springsteen e a E Street Band (com Tom Morello como convidado) fizeram covers de "Highway To Hell", do AC/DC, "Don't Change", do INXS, "Friday On My Mind", do Easybeats e "Stayin' Alive”, dos Bee Gees. O que há em comum entre as músicas é que elas todas são de bandas australianas. Essa virou uma tradição na turnê do músico, que no Brasil cantou "Sociedade Alternativa", de Raul Seixas, em português.

Assista abaixo à “Royals” na versão de Bruce Springsteen: