Bruce Willis participará de The Bombing, filme em chinês sobre a II Guerra Mundial

Ator de Hollywood gravará por oito dias com a equipe desse que deve ser um dos longa-metragens mais caros da história do país

Redação Publicado em 04/06/2015, às 11h35 - Atualizado às 12h06

Duro de Matar
Reprodução

O astro de Duro de Matar e O Sexto Sentido Bruce Willis estrelará em breve em uma megaprodução chinesa, o épico da II Guerra Mundial The Bombing, financiado pela agência estatal China Film Group e por investidores privados.

Os dez comportamentos mais irritantes de astros do cinema.

Willis assinou na semana passada para gravar por oito dias com a equipe do longa-metragem, noticiou o site da revista Variety. Trata-se de uma história a respeito de Chongqing, cidade da China bombardeada por mais de cinco anos pelo Japão durante a guerra. Mais de 11 mil pessoas morreram durante estes conflitos, a maioria deles, civis.

O ator norte-americano fará o papel de um voluntário das forças aliadas dos Estados Unidos que ensina os locais a se protegerem dos ataques aéreos das forças do Eixo, formado por Japão, Itália e Alemanha.

Segundo o produtor executivo Yang Buting, Willis foi escolhido devido à popularidade dele na Ásia. Representantes do ator declararam que ele sempre quis trabalhar em solo chinês e que vê a oportunidade como uma chance de estender o alcance dos seus filmes na região.

Outros atores norte-americanos participaram recentemente de produções chinesas. John Cusack e Adrien Brody fizeram parte de Dragon Blade, com Jackie Chan, Nicolas Cage esteve em Outcast e Christian Bale atuou em Flores do Oriente.

Cotado para ser um dos filmes mais caros da história da China, com orçamento de US$ 90 milhões - mais de R$ 280 milhões -, The Bombing é um esforço do Gigante Asiático para fortalecer a indústria cinematográfica nacional. O filme deve começar a ser rodado em agosto e até o final do ano deve ser lançado, coincidindo com as comemorações dos 70 anos do final da II Guerra.