Bush Ataca Kanye West

Após cinco anos das acusações de racismo recebidas do rapper, que o responsabilizou pelas mortes devido ao Furacão Katrina, ex-presidente norte-americano responde

<i><b>BR Press</b></i> Publicado em 04/11/2010, às 17h56

"Insinuar que eu era racista por causa da resposta do governo ao Katrina representa o mais baixo calão", diz Bush

Ver Galeria
(2 imagens)

Em uma entrevista para o jornalista Matt Lauer, da NBC, o ex-presidente George W. Bush respondeu às acusações de que "não se importava com negros" feitas, em 2005, pelo rapper Kanye West, após o Furacão Katrina. Na época, o cantor afirmou ainda que a responsabilidade pelo desastre era das ações administrativas do governante no decorrer do episódio.

De acordo com trechos da entrevista, postados no site da Entertainment Weekly, Bush diz que os comentários de West foram "uma das coisas mais abjetas, pura e simplesmente" que aconteceram em todos os oito anos de presidência. "Ele me chamou de racista", disse Bush a Lauer.

Livro

Bush deu entrevista no interesse de promover seu livro Decision Points, que será lançando nesta segunda-feira, 8. O ex-presidente ainda completou: "Recebi muitas críticas quando estava na Casa Branca, mas insinuar que eu era racista por causa da resposta do governo ao Katrina representa o mais baixo calão."

West, por sua vez, diz que sabe como Bush se sente, já que também foi acusado de rascimo após dizer que a cantora country Taylor Swift não merecia um prêmio no VMA 2009. O rapper voltou a alfinetá-la no Grammy, dizendo que os prêmios não foram bem concedidos. "Que tal premiar álbuns que venderam dez milhões de cópias?", disse, quando perguntado sobre quem deveria vencer.