Caderno de Freddie Mercury com letras do Queen vai a leilão na Inglaterra

Livro de anotações pessoais esteve com o vocalista entre 1988 e 1991 e possui 19 músicas anotadas

Rolling Stone EUA Publicado em 20/04/2016, às 12h33 - Atualizado às 12h45

Freddie Mercury em 1985, em show em Sydney, na Austrália
AP

Um caderno de Freddie Mercury usado nos últimos três anos de vida dele, e contando com quase 20 músicas escritas para os discos The Miracle e Innuendo, do Queen, será leiloado na Inglaterra.

A casa de leilões Bonhams vai oferecer o artefato como parte de coleções de memorabília relacionadas a entretenimento, a começar no dia 29 de junho. O caderno está estimado para ser vendido entre US$ 70 e US$ 100 mil, segundo o The Guardian.

O caderno pessoal, que o vocalista do Queen manteve entre 1988 e 1990, inclui letras escritas à mão de músicas da banda como “Too Much Love Will Kill You” e “The Show Must Go On”, última faixa do último disco de Mercury com o grupo. São 19 canções no total, algumas completas outras apenas fragmentos, escritas pelo artista até 1991, ano em que ele morreu.

“É um registro comovente daquele período, mas também me impressiona que ele é uma declaração da energia criativa da banda”, disse o consultor do Bonhams, Stephen Maycock, ao jornal britânico The Guardian. “Apesar da doença e da fragilidade crescente [de Mercury], as ideias continuaram lá.”

Maycock ainda afirmou: “A performance dele no último disco foi marcante, considerando o quão frágil ele estava. A capacidade vocal em algumas faixas é basicamente extraordinária. Ele realmente tinha esse grande impulso.”