Caetano, Ivete e Ivan Lins disputam Grammy Latino

Tom Zé e Marcelo D2 também concorrem; brasileiros são minoria nas categorias principais

Da redação Publicado em 20/09/2009, às 16h49

Caetano Veloso, Ivete Sangalo, Marcelo D2, Tom Zé e Ivan Lins (junto à holandesa Metropole Orchestra) são os destaques brasileiros na 10º edição do Grammy Latino, que teve indicados nas 49 categorias anunciados na última semana.

A cerimônia ocorrerá em 5 de novembro, no Conga Room, clube de Los Angeles com Jennifer Lopez e Will.i.am entre os sócios.

Com seu novo álbum, Zii e Zie, Caetano concorre para melhor álbum de cantor/compositor, além de estar no páreo por melhor vídeo de longa-metragem, pelo DVD E a Música de Tom Jobim, que traz a parceria com Roberto Carlos consagrada no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, ano passado.

O baiano Tom Zé, por Estudando a Bossa, disputa com o conterrâneo na categoria de melhor álbum de cantor/compositor.

Ivete Sangalo também concorre com Caetano, em vídeo de longa-metragem, com o DVD Pode Entrar.

Marcelo D2 concorre à melhor canção urbana com "Desabafo", presente em A Arte do Barulho (2008).

O pianista Ivan Lins, em parceria com a Metropole Orchestra, entra na disputa por melhor álbum (Regência: Vince Mendoza) e melhor gravação (Arlequim Desconhecido).

Lua Cheia - Mauro Senise Toca Dolores Duran e Sueli Costa rendeu ao saxofonista Mauro Senise indicação ao Grammy de melhor instrumental. Outro brasileiro dá as caras na categoria: o pianista Jovino Santos Neto, por Live at Caramoor, com Weber Lago.

Nativo de Porto Rico, o duo de reggaeton (estilo semelhante ao rap, com influências que vão do reggae à música hispânica) Calle 13 liderou a lista de indicações. René Pérez (o "Residente") e Eduardo Cabra ("Visitante") aparecem indicados para gravação, álbum, álbum de música urbana, canção alternativa e vídeo.

Como de praxe, poucos brasileiros figuram nas categorias principais. Para compensar, há prêmios distribuídos exclusivamente à música brasileira. Não foi anunciada, por enquanto, qualquer intenção de repetir a estratégia do ano passado de laurear os campeões brasileiros em cerimônia à parte, como ocorreu no ano passado, em São Paulo (festa que, no final das contas, não deu tão certo assim).

Para a lista completa de indicados, visite o site oficial da premiação.

Confira as modalidades exclusivamente brasileiras abaixo:

Melhor álbum

La Plata - Jota Quest

Multishow Ao Vivo - Rita Lee

Em Londres - Roupa Nova

Pode Entrar - Ivete Sangalo

Estandarte - Skank

Melhor álbum de rock

Cinema - Cachorro Grande

Rock 'N' Roll - Erasmo Carlos

Agora - NX Zero

Tá Tudo Mudando - Zé Ramalho

Sacos Plásticos - Titãs

Melhor álbum de samba e pagode

MTV Ao Vivo - Arlindo Cruz

O Pequeno Burguês!! - Martinho Da Vila

Ao Vivo Na Ilha Da Magia - Exaltasamba

Romântico Ao Vivo - Harmonia Do Samba

Ao Vivo Em Zoodstock - Inimigos Da Hp

Uma Prova De Amor - Zeca Pagodinho

Melhor álbum de música popular

O Coração Do Homem_Bomba Volume 1 - Zeca Baleiro

Pelo Sabor Do Gesto - Zélia Duncan

Regência: Vince Mendoza - Ivan Lins & The Metropole Orchestra

Trem Da Minha Vida-Ao Vivo - Jorge Vercillo

Nova Estação - Wanderléa

Melhor álbum de sertanejo

Curtição - João Bosco & Vinícius

De Volta Aos Bares - Bruno & Marrone

Despedida - Edson & Hudson

Voz Do Coração (Ao Vivo) - César Menotti & Fabiano

Coração Estradeiro - Sérgio Reis

Borboletas - Victor & Leo

Melhor álbum regional

As Músicas Do Filme O Menino Da Porteira - Daniel

Alma Caipira - Mazinho Quevedo

40 Anos - Sempre Gaúchos! - Os Serranos

A Festa - Tchê Guri

Micareta 2 Sertaneja - Tradição

Melhor álbum regional - tropical

Amor Sem Fim - Banda Calypso

Sorria Você Está Sendo Filmado - Cajú & Castanha

Minha Praia - Netinho

Orquestra Contemporânea De Olinda - Orquestra Contemporânea De Olinda

Balaio De Amor - Elba Ramalho

Melhor canção brasileira

"A Cor Amarela" - Caetano Veloso

"Agora Eu Já Sei" - Ivete Sangalo

"Ainda Não Passou" - Nando Reis

"Martelo Bigorna" - Lenine

"Não É Proibido" - Marisa Monte