Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Caetano Veloso lança campanha 'TiraGomes' para vitória de Lula em primeiro turno

Em vídeo que circula nas redes sociais, Caetano Veloso cita Brizola e diz que 'artista não vira voto, mas tira'

Redação Publicado em 27/09/2022, às 13h09

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Caetano Veloso (Foto: Eric Jamison / Getty Images)
Caetano Veloso (Foto: Eric Jamison / Getty Images)

Caetano Veloso lançou uma campanha para tirar votos de Ciro Gomes (PDT) em apoio ao candidato Lula (PT) para presidência. O cantor publicou um vídeo dizendo: "Brizola [ex-governador do Rio e símbolo do PDT] dizia que artista não vira voto, mas tira, então..." e em seguida uma imagem dizendo "TiraGomes." O vídeo circula pelas redes sociais. 

A tentativa do artista é reforçar a estratégia para que o candidato Lula ganhe as eleições no primeiro turno. O cantor tem se engajado na campanha desde o início das eleições e publicou uma foto em seu Instagram na última sexta (23) fazendo o "L" com as mãos, e escreveu:

+++LEIA MAIS: De Rashid a Manu Gavassi: eleições 2022 são marcadas por ameaças e processos a artistas

As manifestações políticas que ocorrem nos meus shows partem do público. Eu as confirmo ou comento rapidamente. Pra um artista, o exigível é que ele realize sua arte de forma corajosa e verdadeira. "

Segundo pesquisa do Datafolha divulgada na última sexta-feira (23) o candidato Ciro Gomes está na terceira posição com 7% de intenção de votos. Jair Bolsonaro(PL) com 31% e Lula com 47%.


Artistas defendem voto útil 

Artista defenderam o voto útil no candidato à presidência Luiz Inácio Lula da Silva em evento do petista na última segunda-feira (26) no Anhembi em São Paulo. Entre os nomes estão Daniela Mercury, Gregório Duvivier, Maria Bopp (a Blogueirinha do Fim do Mundo), Laerte, Casagrande, Paulo Miklos. O evento foi transmitido em live no YouTube.

"Caetano disse hoje que os artistas tiram voto. Eu acho que independentemente de gostar de qualquer político da terceira via, agora [a terceira via] está inviável. Temos que votar em Lula. Estou fazendo essa campanha. Eu acho que os artistas rodam o mundo inteiro, e se estamos juntos aqui... é porque a situação é atípica", disse Daniela Mercury ao Jornal Estado de Minas.