Camila Pitanga e Bruna Linzmeyer se juntam a Letrux para o delirante clipe de "Ninguém Perguntou Por Você"

Videoclipe propõe uma viagem onírica e delirante pelas fantasias amorosas criada para a música do disco Letrux em Noite de Climão

Pedro Antunes, Editor Publicado em 10/02/2019, às 17h00

None
Leticia Novaes, a Letrux, com Camila Pitanga e Bruna Linzmeyer, no clipe de "Ninguém Perguntou Por Você" (Fotos: Flora Negri)

"Há muitas maneiras de falar sobre ódio. Uma delas é não falar sobre ele, é falar sobre amor", opina  Bruna Linzmeyer, atriz atualmente de O Sétimo Guardião, da TV Globo.

"Vivemos um tempo em que é urgente falar do fundamental", reflete a também atriz Camila Pitanga. "Amor é fundamental em todas as suas possibilidades. Amor não pode ter limite, precisa ser multiplicado em forma e volume. Precisa ser presente, porque é urgente".

E elas estão aqui para falar de amor. Não um amor qualquer, um amor de Letrux em Noite de Climão, disco da Letícia Novaes, artista já chamada de Letuce, transformada musicalmente para essa persona do seu primeiro álbum solo, recheado de sentimentos intensamente vividos.

O álbum de 2017, citado pelas principais listas de melhores álbuns do ano, transformou-se em show - costumeiramente também elencado como um dos melhores  e mais intensos do País.

Aí chegamos na palavra certa: intensidade. Há de se falar de amor, mesmo, nesses tempos do ódio. E, com Letícia/Letrux, ele é intenso, nunca é um só sentir, ele se transforma, se derrete, se amplia.

Com "Ninguém Perguntou de Você", o amor ocorre todo aí dentro da sua (da minha) cabeça. É delirante, antes mesmo de se tornar real. "A gente só serviu no sonho, a gente só prestou dormindo", canta Letícia na faixa.

Assim se dá, entre realidade e sonho, entre o viver e o sentir, o lançamento de "Ninguém Perguntou Por Você", o novo videoclipe de Letrux, lançado neste domingo, 10, e exibido em primeira mão aqui, na Rolling Stone Brasil - assista abaixo.

Bruna Linzmeyer e Camila Pitanga estão em tela, falando de amor como podem, dentro da intensidade musical de Letrux e pela lente tão precisa de Pedro Henrique França, o mesmo do videoclipe "Pedrinho", trabalho delicadíssimo e importante feito por ele para uma canção de Tulipa Ruiz (assista aqui).

O trabalho de França era difícil, afinal. Levar para o vídeo o que acontece nos sonhos, distante do real, do que se encosta. O texto dos versos da Letrux é sempre desafiador. Ela coloca, na caneta, o que a gente às vezes não quer falar ou ouvir, com um coloquialismo próprio e sem medo de causar ou sentir dor.

"É uma música sobre a liberdade de pensamento", explica Letrux. "Ninguém pode mandar no nosso pensamento, em quem desejamos, com quem queremos fazer uma suruba ou ter um filho, ainda que só em pensamento. Isso nos pertence, isso é nosso", reforça.

Ela também celebra a chegada do diretor no projeto. "Estou muito feliz com a chegada do diretor Pedro Henrique França pra somar imageticamente nessa história. Equipe dos sonhos, deslumbre puro", relembra.

"Perdi completamente as contas de quantas vezes vi esse show", diz Bruna, sobre o encontro com a arte de Letrux.  "Acho que tudo isso já responde sobre minha euforia de fazer esse clipe. Ainda mais dessa música, irônica e doce, dolorida e cheia de sonhos, tudo ao mesmo tempo. Vestir vermelho, sorrir e dançar ao lado da Camila, essa mana que admiro há tanto tempo, por quem tenho tanto carinho, foi só alegria. Nossa equipe pequenina, entre amigues. Foi um processo bonito, de boas conversas, boas risadas entre Pedrinho, nosso diretor, e nós. Frames tecidos com amor e sobre amor", concluiu.  

Camila também foi hipnotizada pelo show de Letrux em Noite de Climão.  "Tive a sorte de ser arrebatada no show", conta.

Por fim, o vídeo, mostra esse encontro, entre Bruna e Camila, sem que se saiba o que é real e o que é imaginário. Mas elas se entregam ao sentimento existente ali, esse flerte.  A transpiração e a respiração são sentidos pelos altos e baixos das notas sintetizadas e pela bateria hipnótica. Em qual plano isso ocorre, se no nosso mundo ou na cabeça de alguém, não importa.   

"O resultado do vídeo ficou como a música é em si: um delírio, um devaneio, um sonho, um desejo. Uma invenção de paixão, do jeito que a gente quiser e desejar, sem ninguém meter o bedelho", conclui.

Assista ao vídeo de "Ninguém Perguntou de Você", de Letrux:


* Pedro Antunes é editor da Rolling Stone Brasil e criador do Tem Um Gato na Minha Vitrola, um programa de música feito nos stories do Instagram.