Canal apresenta minidocumentários em homenagem ao programa Realce

O Woohoo festeja os 30 anos da estreia da atração que foi ao ar entre os anos 1983 e 1990; Evandro Mesquita, Cazuza, Renato Russo e Bob Burnquist foram alguns dos entrevistados

Redação Publicado em 15/04/2013, às 19h28 - Atualizado às 19h46

Realce - Evandro Mesquita

Ver Galeria
(5 imagens)

Os anos 80 podem estar a três décadas atrás, mas ainda estão com poder entre os telespectadores brasileiros, vide o sucesso que fizeram as novelas e o programa musical Globo de Ouro, reexibidas pelo canal por assinatura Viva. Mais um pouco daquele clima colorido, cheio de estampas ombreiras, começa a voltar nas telas do canal Woohoo, também por assinatura.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Nesta segunda-feira, 15, às 20h10, começam a ser exibidos mini-documentários baseados no histórico programa Realce. E seguem em todas as segundas, quartas e sextas-feiras, sempre no mesmo horário.

Quem foi jovem durante o 1983 e 1990 deve lembrar-se do programa, exibido na TV Record do Rio de Janeiro. Descrita como uma revista eletrônica, a atração era comandada por Ricardo Bocão e Antônio Ricardo e encontrou espaço entre a garotada da época e entre os artistas.

Gente como Evandro Mesquita (foto), Cazuza, Renato Russo, Fernanda Abreu, Malu Mader, Paulo Ricardo, Paula Toller, Hebert Vianna e Ed Motta surgiram ali, no início da popularidade que viria a seguir - clique na foto acima para ver mais imagens históricas.

O programa, contudo, não focava somente em música e de BRock. Esportistas como Tom Curren, Fábio Gouveia, Tom Carroll e Bob Burnquist, todos ainda iniciantes, tiveram espaço no Realce, ainda antes de se tornarem os grandes nomes nas respectivas modalidades.

O programa, que leva o nome de uma música de Gilberto Gil, falava diretamente com um jovem que não tinha as facilidades de comunicação dos anos 2000. Trazia informação, perfis e tendências antes da troca de informações através das redes sociais.