Cancelamento de turnê do Kings of Leon pode custar mais de R$ 20 milhões

Temendo processo de seguradora, representantes da banda retiraram do YouTube vídeos de show em que o vocalista deixou o palco repentinamente, nos Estados Unidos

Da redação Publicado em 03/08/2011, às 14h30

Kings of Leon havia cancelado a turnê na última segunda, 1, alegando "exaustão"
AP

O cancelamento da turnê norte-americana do Kings of Leon na última segunda, 1, pode custar caro aos cofres da empresa que fez o seguro da maratona de shows. A Lloyd's of London, uma das maiores seguradoras do mundo no setor, pode ter de arcar com US$ 15 milhões (cerca de R$ 23,5 mi) em dívidas com produtores, locações e outros que perderam seu dinheiro com a pausa da banda, que alegou "problemas na voz e fadiga" do vocalista, Caleb Followill, como a causa da decisão. As informações são da Rolling Stone EUA.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil - na íntegra e gratuitamente!

Caleb deixou o palco de uma apresentação na última sexta, 29 de julho, em Dallas, após reclamar de calor e demonstrar insatisfação com sua voz. "Eu vou para o backstage, e vou vomitar, vou tomar uma cerveja e vou voltar para tocar mais três músicas", ele disse aos fãs. Depois disso, o cantor não retornou ao palco.

Levando isso em consideração, a Vector Management, representante da banda, tomou a atitude de retirar do YouTube nesta quarta, 3, vídeos da apresentação em Dallas. As imagens mostram Caleb aparentemente embriagado, o que poderia render processos maiores à banda, caso o fato fosse usado como argumento pelas seguradoras, contrariando a informação oficial de que o cancelamento se deveu a cansaço.

Dennis Arfa, agente de nomes como Metallica e Rod Stewart, crê que os problemas da banda vão além de simples cansaço. "'Exaustão' é um rótulo. Não te dá detalhes - apenas diz 'exaustão'. Pode significar que você tem mais coisas acontecendo além de cansaço físico. É uma desculpa conveniente". A declaração do empresário corrobora com relatos recentes do baixista do KoL, Jared Followill, irmão de Caleb. "Eu sei que vocês não são burros. Eu não posso mentir. Há problemas em nossa banda maiores do que falta de Gatorade", disse o músico em seu Twitter, do dia seguinte ao show em Dallas.

O Kings of Leon desmarcou 29 shows nos EUA, e deve voltar aos palcos em 28 de setembro, em Vancouver, Canadá.