Pulse

Cannes 2015: festival incrementa seleção com filme de produtor brasileiro

A 68ª edição do tradicional festa do cinema será organizada entre os dias 13 e 24 de maio

Redação Publicado em 23/04/2015, às 15h20 - Atualizado às 17h42

Os irmãos Coen
Chris Pizzello/AP

Foram acrescentados nesta quinta-feira, 23, dois filmes ao 68ª festival de cinema de Cannes, na França, além dos 17 longas-metragens que já haviam sido anunciados como concorrentes à cobiçada Palma de Ouro. Entre eles, está uma obra do produtor brasileiro Rodrigo Teixeira, Love.

As principais novidades são Valley of Love, do diretor francês Guillaume Nicloux (A Religiosa), e Chronic, do mexicano Michel Franco (Depois de Lúcia). As sessões especiais e Un Certain Regard também foram incrementadas.

Festival de Cannes 2015: Joel e Ethan Coen serão Presidentes do Júri.

Fazem parte da lista obras de diretores como Paulo Sorrentino, vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2014, com A Grande Beleza, agora apresentando La Giovinezza, além do também italiano Nani Moretti (Habemus Papam), com Mia Madre, do norte-americano Gus Van Sant (Milk: A Voz da Igualdade), com Sea of Trees, e outros autores.

Com George Clooney e Scarlett Johansson, nova comédia dos irmãos Coen estreia em 2016.

O festival acontecerá entre os dias 13 e 24 de maio, será aberto com a exibição de La Tete Haute, da francesa Emmanuelle Bercot, e terá como presidentes do júri os irmãos Joel e Ethan Coen (foto acima), já premiados em Cannes por Barton Fink e Fargo.

Selfies não são bem-vindas

O diretor do festival, Thierry Fremaux, não chegou a vetar a prática durante pronunciamento à imprensa, mas deixou bem claro que os populares selfies não são vistos com bons olhos em Cannes.

Oscar 2015: Birdman é o Melhor Filme, Boyhood decepciona e O Grande Hotel Budapeste surpreende com prêmios periféricos.

“Não queremos proibir isso, mas queremos diminuir o processo dos selfies”, disse Fremaux, definindo a moda como algo “ridículo e grotesco”.

Veja a programação completa do evento:

Filme de abertura

Standing Tall (La Tete Haute), Emmanuelle Bercot

Competição

Valley of Love, Guillaume Nicloux

Chronic, Michel Franco

Carol, Todd Haynes

Macbeth, Justin Kurzel

Dheepan, Jacques Audiard

La Loi du March, Stephane Brize

Marguerite and Julien, Valerie Donzelli

The Tale of Tales, Matteo Garrone

The Assassin, Hou Hsiao Hsien

Mountains May Depart, Jia Zhangke

Our Little Sister, Hirokazu Koreeda

The Lobster, Yorgos Lanthimos

Mon roi, Maiwenn

Mia Madre, Nanni Moretti

Son of Saul, Laszlo Nemes

Youth, Paulo Sorrentino

Louder Than Bombs, Joachim Trier

Sea of Trees, Gus Van Sant

Sicario, Denis Villeneuve

Fora de competição

Mad Max: Fury Road, George Miller

Inside Out, Pete Docter, Ronaldo Del Carmen

Irrational Man, Woody Allen

The Little Prince, Mark Osborne

Exibições especiais

Une Histoire de Fou, Robert Guédiguian

A Tale of Love and Darkness, Natalie Portman

Asphalte, Samuel Benchetrit

Panama, Pavle Vuckovic

Amnesia, Barbet Schroeder

Hayored Lema’Ala, Elad Keidan

Oka, Souleymane Cisse

Exibições da meia-noite

Love, Gaspar Noé

Amy, Asif Kapadia

Office, Hong Won-Chan

Un Certain Regard (mostra paralela)

Cemetery of Splendour, Apichatpong Weerasethakul

AN, Naomi Kawase

Taklub, Philippin Brillante Mendoza

Lamb, Yared Zeleke

Alias Maria, José Luis Rugeles

Madonna, Shin Suwon

Maryland, Anna Winocour

The Fourth Direction, Gurvinder Singh

Masaan (Fly Away Solo), Neeraj Ghaywan

Hruter (Rams), Grimur Hakonarson

Kishibe No Tabi (Journey to the Shore), Kiyoshi

Je Suis Un Soldat (I Am a Soldier), Laurent Larivere

Zvizdan (The High Sun), Dalibor Matanic

The Other Side, Roberto Minervini

One Floor Below, Radu Muntean

Shameless, Oh Seung-Uk

The Chosen Ones, David Pablos

Nahid, Ida Panahandeh

The Treasure, Corneliu Porumboiu