Capa do novo disco de Kanye West gera polêmica

A arte de My Beautiful Dark Twisted Fantasy teria sido banida, deixando o cantor revoltado

Da redação Publicado em 18/10/2010, às 19h51

A controversa capa de My Beautiful Dark Twisted Fantasy
Reprodução

O novo disco de Kanye West ainda nem foi lançado, mas já virou alvo de polêmica. O desenho de autoria do artista George Condo, escolhido pelo rapper para estampar a capa de My Beautiful Dark Twisted Fantasy (veja ao lado), teria sido "banido nos Estados Unidos". De acordo com o que o músico escreveu no Twitter, "eles não querem me ver relaxando no sofá com a minha fênix". Embora ele se queixe e use a palavra "banido", não deixa claro o que aconteceu exatamente e quem teria feito a proibição.

De acordo com o jornal LA Times, a imagem não foi realmente censurada. Uma fonte revelou ao jornal que "foi fortemente sugerido" que Kanye usasse outra arte para a capa - já que algumas lojas talvez escolhessem boicotar o disco se ele exibisse tal pintura - mas se o músico escolhesse mantê-la, a gravadora o apoiaria da decisão.

O rapper ainda escreveu mais a respeito do caso, mas não deixou claro se a pintura irá ou não estampar a capa de My Beautiful Dark Twisted Fantasy no fim das contas. "Nos anos 70, as capas de álbum tinham nudez de verdade... É tão engraçado que as pessoas se esqueçam. Tudo ficou tão comercial agora", reclamou Kanye. O rapper também afirmou que quer vender discos, mas não às custas de sua verdadeira criatividade. Apontou ainda nesse seu desabafo no microblog, referindo-se ao disco Nevermind (1991): "Então o Nirvana pode ter um ser humano pelado na capa, mas eu não posso ter uma PINTURA de um monstro sem braços, cauda de bolinhas e asas".

My Beautiful Dark Twisted Fantasy chegará às lojas em 22 de novembro. Leia aqui mais detalhes sobre o disco.