Carrie Fisher é homenageada em celebração dos 40 anos de Star Wars

“Minha mãe, como Leia, não tinha medo de dizer o que pensava e dizer coisas que poderiam deixar a maioria das pessoas desconfortáveis”, Billie Lourd disse durante o painel

Rolling Stone EUA Publicado em 14/04/2017, às 10h18 - Atualizado às 10h19

Carrie Fisher na estreia europeia de Star War: O Despertar da Força em Londres, Inglaterra, no dia 16 de dezembro de 2015.

Ver Galeria
(5 imagens)

Carrie Fisher foi homenageada com um tributo em vídeo na Star Wars Celebration, a convenção de fãs oficial da saga. O vídeo foi exibido ao fim do painel de 40 anos de Star Wars, que contava com George Lucas, Harrison Ford, Mark Hamill, Hayden Christiansen e Billy Dee Williams.

“Rebel Rebel”, de David Bowie, incorpora parte da trilha sonora do clipe de cinco minutos, que é recheado de cenas da trilogia original de Star Wars, fotos no set e filmagens dos bastidores e trechos de entrevista que capturam o senso de humor e consciência sobre a fama e carreira de Carrie. O clipe também retrata como Princesa Leia era importante, enquanto personagem, para Carrie, que diz em uma entrevista “Eu amo esses filmes, e eles se tornaram melhores para mim agora porque eu tenho uma filha e ela ama eles”.

LEIA TAMBÉM

Relembrando Carrie Fisher, a eterna Princesa Leia

Recorde a vida de Carrie Fisher em fotos

[Lista] Dez melhores momentos de Carrie Fisher em Star Wars

A filha de Carrie, Billie Lourd, que também apareceu no painel de 40 anos de Star Wars, introduziu o tributo em vídeo enquanto usava um vestido não muito diferente do que Princesa Leia teria usado. “Minha mãe, como Leia, não tinha medo de dizer o que pensava e dizer coisas que poderiam deixar a maioria das pessoas desconfortáveis, mas não eu e vocês”, Billie disse. “É por isso que ela amava vocês, porque vocês aceitaram e abraçaram tudo o que ela era.”

George Lucas, criador de Star Wars, também falou sobre recrutar Carrie para o elenco, lembrando-se “A guerra era dela e quando eu juntei o elenco, eu disse que queria alguém jovem para fazer o papel. Eu queria alguém bem jovem. Quando Carrie entrou, ela era aquela personagem. Ela era muito forte, inteligente, engraçada, corajosa, durona e não havia nenhuma dúvida. Não há muitas pessoas como ela no mundo. Elas são um em um bilhão”.

Assista ao tributo em vídeo a Carrie Fisher abaixo.