Carro que Rick Ross dirigia é alvejado e bate em prédio

Rapper era o possível alvo dos tiros que acertaram o seu Rolls-Royce, na Flórida

Redação Publicado em 28/01/2013, às 17h02 - Atualizado às 17h47

Rick Ross
AP

Rick Ross foi o aparente alvo de um tiroteio na manhã desta segunda-feira, 28, na Flórida. As informações são do The Huffington Post. A polícia de Fort Lauderdale confirmou que Ross (cujo verdadeiro nome é William Roberts) dirigia um Rolls-Royce, perdeu o controle do veículo e bateu em um prédio de apartamentos por volta das 5 horas da manhã, horário local. Ninguém ficou ferido.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

De acordo com a rádio NBC 6 - Miami, testemunhas viram outro veículo atirar no Rolls-Royce que, ao tentar fugir da linha de fogo, chocou-se contra um prédio. As testemunhas inicialmente disseram que ouviram cerca de 20 disparos e pediram sigilo aos policiais quanto aos seus nomes, preocupados com a própria segurança.

Supõe-se, de acordo com relatos, que Ross celebrava o seu 37º aniversário, cuja data oficial é 28 de janeiro, nesta segunda, no restaurante Floridian. De acordo com o Miami Herald, o restaurante também foi atingido durante o tiroteio e foi lá que Ross conversou com os investigadores.

O aparente tiroteio contra Ross segue as ameaças da gangue Black Disciples, que se incomodou com as referências ao líder deles, Larry Hoover, na faixa "B.M.F. (Blowin' Money Fast)". Em dezembro de 2012, Ross cancelou duas datas programadas na Carolina do Norte e depois cancelou o resto da turnê depois de receber ameaças de morte de membros do Black Disciples, via vídeos do YouTube. Na ocasião, o rapper preferiu minimizar as ameaças e culpou o produtor por "não dar conta do recado".