Carta escrita por John Lennon sobre disco de Yoko Ono é vendida por US$ 28 mil

Texto do ex-Beatle pede para que apresentador de TV prestasse atenção então novo álbum da esposa

Rolling Stone EUA Publicado em 27/10/2014, às 13h01 - Atualizado às 13h12

John Lennon e a esposa Yoko Ono, em protesto contra a Guerra do Vietnã, em um hotel de Amsterdam, na Holanda, em março de 1969.

Ver Galeria
(14 imagens)

Uma carta escrita por John Lennon ao apresentador de televisão nova-iorquino Joe Franklin foi vendida por mais de US$ 28 mil, na noite de quinta-feira, 23, em leilão realizado pela casa RR Auction, de Boston, nos Estados Unidos. A carta foi escrita em papel da Apple Records, em 1971, logo após Yoko Ono lançar o disco dela Fly e, nela, Lennon elogia os talentos musicais da esposa e pede para que Franklin ouça o mais recente LP dela.

O Garoto de Liverpool está na nossa lista de cinebiografias musicais que valem a pena.

“É claro que Yoko pode explicar a música dela melhor pessoalmente. Isso é uma introdução. Para algo mais ‘direto’, a faixa chamado ‘Mrs. Lennon’, de Fly, é um exemplo do lado mais conservador dela”, escreve Lennon. “Ela foi treinada como musicista clássica e estudou composição no Sarah Lawrence College. Não deixe que isso assuste você.”

Galeria: dez grandes parcerias do rock and roll.

A carta de Lennon a Franklin foi apenas um dos itens relacionados aos Beatles vendido naquele dia. Um lote de papéis de ações da empresa, de 1969, assinados por cada um dos Beatles, foi vendido por US$ 16 mil, já que assinaturas com os quatro juntos em 1969 são extremamente raros.

Edição 91: Como os Beatles Conquistaram o Mundo.

Quase 350 itens de memorabilia do rock foram leiloados ali, ao todo, como ingressos shows do Beatles até um disco de ouro de Crosby, Stills and Nash, uma partitura de “Stairway to Heaven” autografada pelo Led Zeppelin e uma guitarra que pertencia a Neil Schon, do Journay. A maior venda, contudo, foi um baixo Fender Precision usado por Dee Dee Ramone, com o qual ele tocou em turnê da durante os anos 1980. O instrumento, também assinado pelo músico, foi vendido por US$ 380 mil.

Galeria: dez coisas que você não sabia sobre a música dos Beatles.