Casa onde Amy Winehouse morreu é leiloada por R$ 6,7 milhões

Na primeira tentativa de vender o imóvel localizado em Camden, em Londres, em maio, a família não encontrou compradores

Rolling Stone EUA Publicado em 04/12/2012, às 13h54 - Atualizado às 14h20

Casa Amy Winehouse
AP

A casa de Amy Winehouse, em Camden Square, na região norte de Londres, onde a cantora foi achada morta em julho de 2011, foi vendida por £ 2 milhões (R$ 6,7 mi), em um leilão, segundo informa a BBC .

As notícias pouco (ou nada) verdadeiras que saíam sobre Amy Winehouse.

Cinco pessoas lutaram para comprar a propriedade, que chegou a ser colocada à venda, em maio, por £ 2,7 mi (R$ 9 mi), mas não atraiu compradores na ocasião. A casa esteve desocupada durante esse período.

“Eu acho que eles estão felizes”, disse o leiloeiro Chris McHugh. “A família tentou vender a casa, mas não conseguiu resultado.” Embora McHugh diga que a casa não havia sido anunciada como pertencente à família Winehouse, a história e espalhou e atraiu quatro interessados pessoalmente e mais alguns por telefone.