Caso Brendon Urie: conta que acusou vocalista do Panic! At the Disco desmente história de estupro e pedofilia

"É hora de confessar que as acusações são falsas", diz a thread também deletada

Redação Publicado em 16/08/2020, às 18h17

None
Panic! At The Disco, no Rock in Rio 2029 (Foto: Wesley Allen/ I Hate Flash)

As acusações contra Brendon Urie, vocalista da banda Panic! At the Disco, a respeito de assédio sexual e pedofilia foram atualizadas neste domingo. Uma conta recém-criada (e já deletada) diz ser dona das acusações originais e desmentiu a história.

+++ LEIA MAIS: Trump usa música do Panic! At The Disco e Brendon Urie responde do único jeito possível; veja

O caso teve início há alguns dias, quando denúncias surgiram no Twitter na qual Brendon Urie, vocalista da banda Panic! At the Disco, era acusado de assédio sexual e pedofilia. O caso gerou repercussão nas redes e surgiu a hashtag #BrendonUrieSpeakUp

As acusações datavam de situações ocorridas 2009, segundo um perfil anônimo de nome Kam. Pela completa falta de evidência ou comprovação da história, a publicação da Rolling Stone Brasil foi alterada e removida do ar.  

Neste domingo, 16, uma nova conta surgiu e já foi deletada na qual o usuário se apresentava como o mesmo que fez a acusação e desmentia tudo. "É hora de confessar que as acusações são falsas", diz a thread. 

+++LEIA MAIS: Rock in Rio 2019: Com Bohemian Rhapsody, Brendon Urie mostra potencial de showman

O perfil autor das novas informações, @kam027098145, também foi deletado, mas, abaixo, seguem os prints nos quais as acusações são aparentemente desmentidas. 

É importante lembrar que tanto acusação quanto os desmentidos foram realizadas nas redes sociais. Não há nenhuma informação verificada sobre o caso ou sobre a veracidade da história. Também nenhuma ação legal foi, de fato, tomada no caso. 

Tradução livre: "Oi, pessoal, sou eu, @kam/02709814, da minha nova conta. Perdi e deletei minha conta antiga, então criei essa aqui para esclarecer as acusações contra Brendon Urie. É hora de confessar que as acusações que eu fiz eram falsas. Eu nunca encontrei com ele ou fui a um show dele."

Tradução livre: "Eu criei essa história porque estava irritado(a) com ele por conta de coisas problemáticas que ele fez no passado as quais todos nós sabemos e ele já pediu desculpas. Sempre senti muito ódio por ele e quando essa situação se apresentou para mim, decidi tentar arruiná-lo. Eu também criei a conta @/leah62053062 já que duas acusações tornaria a história mais crível. Eu não sei da origem das outras acusações, mas eu declaro que as duas que vieram das minhas duas acusações são completamente falsas."

Tradução livre: Peço profundas desculpas a Brendon Urie, aos fãs e à equipe dele. Eu o odeio, mas não quero sentir o peso da responsabilidade de encerrar a carreira de alguém. Obrigado a todos que me apoiaram mesmo que a minha história não fosse verossímil e sem evidências. Sinto muito por toda a dor que posso ter causado aos fãs. Por favor, perdoem-me e não me odeiem. (Perdão por eventuais erros gramaticais, estou chorando e minhas mãos estão tremendo).


+++ JOÃO GORDO ENCARA O DESAFIO MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO 


+++ PLAYLIST COM CLÁSSICOS DO ROCK PARA QUEM AMA TRILHAS SOBRE DUAS RODAS