Caso Johnny Depp: Amber Heard quer recorrer decisão do júri

Amber Heard foi condenada a pagar US$ 15 milhões para Johnny Depp, atriz quer recorrer

Redação Publicado em 24/06/2022, às 16h59

None
Amber Heard. (Foto: Variety)

Após o fim do julgamento do processo de difamação movido por Johnny Depp contra sua ex-esposa, Amber Heard foi condenada a pagar US$ 15 milhões, mas pode recorrer da decisão do júri. 

As equipes jurídicas dos atores se reuniram no tribunal nesta sexta-feira, 24, mas não está claro se eles discutiram um possível acordo. Caso a atriz recorra, ela deve pagar uma fiança no valor total do julgamento de Depp mais 6%, são US$ 621 mil adicionais. 

+++LEIA MAIS: Amber Heard divulga diário com detalhes de abuso de Johnny Depp

O representante de Amber divulgou uma declaração afirmando que eles são inocentes e que “você não se recusa a recorrer se sabe que está certo."


O Julgamento

O julgamento do caso entre os atores durou cerca de seis semanas. Depp ganhou a ação de difamação contra a ex-esposa no Tribunal do Condado de Fairfax, na Virgínia, EUA. Durante o processo, foram ouvidos mais de 100 horas de depoimentos de testemunhas, além de áudios gravados e depoimentos ao vivo de Depp e Heard, de acordo com a CNN Brasil.

O processo de difamação movido contra a atriz é baseado em um artigo escrito por ela em 2018 para o jornal The Washington Post. Nele, a artista não cita Depp, mas afirma ser uma “figura pública que representa abuso doméstico.” O processo de julgamento do ex-casal começou em 11 de abril.

+++LEIA MAIS: Amber Heard reconhece 'vários erros' em relação com Johnny Depp, mas diz que nunca mentiu

Em entrevista com Savannah Guthrie, transmitida no Today, programa da NBC, a atriz explicou que tem "muito arrependimento" pelo que aconteceu durante o relacionamento com Depp.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Amber Heard (@amberheard)