Catálogo dos Beatles não chega ao iTunes

Loja virtual, banda e gravadora que detém os direitos do Fab Four não conseguem chegar a acordo

Da redação Publicado em 25/11/2008, às 15h04

O ex-Beatle Paul McCartney disse à BBC News que o catálogo de sua antiga banda não entrará no iTunes no futuro próximo. O motivo é que a Apple, a gravadora EMI, os Beatles vivos e as famílias dos já falecidos não chegaram a um acordo nos negócios.

"A EMI quer uma coisa que não estamos preparados para dar. O caso é principalmente entre a EMI e os Beatles. Qual a novidade?", ironizou o baixista, que ainda disse ao semanário NME não ligar para o download pirata de músicas na internet: "Eu não me importo, funciona do mesmo jeito".

A ida do catálogo dos Beatles para a loja virtual foi oficializada em março deste ano, quando a Apple afirmou que o negócio chegaria a R$ 1 bilhão, e que as músicas chegariam ao portal até o final deste ano.

O Beatle ainda desabafou: "Todos queremos muito isso, estamos pressionando, mas há alguns pontos complicados. Eu entendo". Procurada pela BBC, a EMI disse que as negociações irão continuar, e que um progresso nelas acontecerá o mais rápido possível.