CCBB do RJ exibe mostra gratuita sobre Miles Davis

Vida do jazzista é retratada com fotos, canções e depoimentos de parentes; mostra acontece de 1 de agosto a 28 de setembro

Da redação Publicado em 19/06/2011, às 11h57

Miles Davis é considerado um dos maiores músicos do séc. XX
Divulgação

A vida e obra do trompetista Miles Davis será exposta no Centro Cultural do Banco do Brasil, no Rio de Janeiro. A mostra, entitulada Queremos Miles - Miles Davis, Lenda do Jazz, acontece a partir do dia 1 de agosto e vai até 28 de setembro. A exposição é gratuita.

Considerado um dos pioneiros do jazz, expositores observaram que apenas fotos e textos de Miles não fariam jus a sua carreira. Usando de elementos que chamaram de "surdinas" (casulos que ganharam esse nome em homenagem ao mecanismo de abafamento do trompete), pode-se acompanhar áudios e vídeos de diferentes fases da carreira do músico. A exposição inclui instrumentos de Miles de outros nomes do jazz, como Wayne Shorter e John Coltrane, que foram membros de sua banda.

Outra atração interessante são os dois encontros promovidos. O primeiro, com parentes e amigos do trompetista, ocorre no dia 2 de agosto, com presença de Vincent Bessières, curador da mostra; o segundo, no dia do encerramento (que coincide com a data de morte de Miles Davis), terá presença de críticos e músicos, mediados pelo jornalista Antonio Carlos Miguel.

Morto em 28 de setembro de 1991, Miles Davis foi responsável pela criação e desenvolvimento de diversos sub-gêneros do jazz, como o bebop e o fusion. Trabalhos como Kind of Blue (1959) e Birth of the Cool (1957) são citados frequentemente como influência não só para o jazz, mas para a música no séc. XX, incluindo o rock.

Queremos Miles - Miles Davis

1 de agosto a 28 de setembro

De terça à domingo, das 9h às 21h

R. Primeiro de Março, 66 - Centro - Rio de Janeiro

Entrada Franca