Cena eletrônica: "O intuito do Life Is a Loop é divertir e entreter o público", diz DJ Leozinho

Trio brasileiro antecipa novidades da apresentação no Skol Sensation ao site da Rolling Stone Brasil

Por Fernanda Catania Publicado em 06/04/2010, às 18h57

"O diferencial da apresentação já está no fato de unir dois DJs e um percussionista." É assim que Rodrigo Paciornik, baterista que dá o tom orgânico ao som do Life Is a Loop, destaca, em entrevista ao site da Rolling Stone Brasil, a participação do grupo na segunda edição do Skol Sensation, que acontece no próximo dia 17, em São Paulo.

Nascido em 2004 para celebrar a milésima apresentação da parceria entre os curitibanos Rodrigo e DJ Leonardo Arlant (o Leozinho), o Life Is a Loop, que conta também com o gaúcho Fabrício Peçanha, é o único representante brasileiro a se apresentar durante a festa. Mais responsabilidade que isso é ainda abrir a noite para grandes nomes da cena eletrônica internacional, como Felix da Housecat, Tocadisco, Chuckie e Above & Beyond.

Mesmo com anos de experiência na cena eletrônica, os DJs não escondem o frio na barriga de dar a largada ao evento. "Agora, precisamos ter cuidado, para conseguir tocar um set que chame o pessoal pra pista, mas, ao mesmo tempo, não podemos começar bombando por sermos a primeira atração", acredita Leozinho.

Paralelamente à carreira individual dos três integrantes, o Life Is a Loop ficou famoso pela performance de sets longos misturados a interatividade visual, que conta com projeções a laser e efeitos especiais a todo momento. Mas, segundo Rodrigo, responsável pelas criações visuais do trio, seria um excesso focar nos aparatos técnicos para o show do Skol Sensation, "porque a festa por si só já é muito produzida". A ideia, então, é adicionar toques da identidade do Life is a Loop ao vídeo do telão, criado pela organização do evento, como a introdução de Lial, boneco 3D criado pelo trio para fazer parte da turnê A Jornada de Lial, que teve início em dezembro e está prevista para terminar no meio deste ano.

Como a principal característica do grupo é a própria interação com o público, o trio investe no personagem virtual (o nome Lial é diminutivo de Life is a Loop), considerado mais uma inovação no cenário da música eletrônica. "Ele é projetado em um painel de LED e até faz um duelo de bateria comigo", conta Rodrigo. "O Lial é um personagem tridimensional como os que a gente vê nas animações da Pixar", compara Leozinho.

Durante os 60 minutos de apresentação no palco do Skol Sensation, Leozinho, Fabrício e Rodrigo pretendem surpreender o público com duas músicas inéditas, que ainda estão sendo finalizadas. "Uma das músicas tem uma pegada mais progressiva e é bastante energética", antecipou Leozinho, que, junto a Fabrício, cuida das criações musicais. Ele não quis revelar muitos detalhes, mas dá a dica: "O que dá para dizer é que uma delas usa um sample de um filme famoso que está rolando no cinema. Não sei se continua em cartaz no Brasil, mas é uma refilmagem", diz, aos risos.

Para o grupo, um dos motivos mais importantes de se apresentar em um evento como o Skol Sensation é incentivar a realização de grandes festas. Leozinho acredita que a cena eletrônica precisa dos festivais, porque não consegue viver só do underground. "E o intuito do Life is a Loop nem é esse. A gente não está querendo informar o público, mas divertir, entreter e tocar hits e músicas que muitos DJs consideram apelativas."

Skol Sensation 2010

17 de abril, 23h

Anhembi - Av. Olavo Fontoura, 1209

Ingressos: R$ 170 (pista), R$ 340 (camarote Premium), R$ 1.100 (camarote Diamond)

Venda por telefone: (11) 2846-6000 ou 0300-789-6846 (outras localidades)

Venda pela internet: www.skolsensation.com.br

Pontos de venda: Villa Daslu - no segundo andar (Avenida Juscelino Kubitschek, 2041), Reebok Sports Club Cidade Jardim (Av. Magalhães de Castro, 12000) ou Vila Olímpia (Rua Olimpíadas, 205) e Pontos de Venda Ticketmaster