Cenários de Star Wars antigos eram, a maioria, pinturas feitas à mão; conheça o trabalho estonteante da equipe

A técnica, chamada Matte Paiting, consiste em pintar partes de um vidro para dar impressão de profundidade - e substituir cenários caríssimos

Redação Publicado em 05/05/2020, às 18h54

None
Matte Painting em Star Wars (Foto: Reprodução / YouTube)

Star Warsnasceu em 1977, quando o prodígio George Lucas correu contra o tempo para fazer o maior filme de ficção científica da história. Naquela época, não existiam efeitos computadorizados e cenários montados em cima de telas verdes: tudo era feito na raça.

Mas como criar o espaço e multidões de soldados com um orçamento bem limitado? Ou, então, como ir ao espaço sem sair da Terra? Simples: apostar em matte painting, ou pintura com óleo extremamente realistas. Elas eram feitas em vidro e compunham cenários, normalmente paisagens. Ajudavam a criar quaisquer imagens pedidas pelo diretor - não importa a dificuldade.

+++ LEIA MAIS: As estreias da Amazon Prime Video para maio de 2020: da saga Star Wars a Frozen

Chris Evans, Mike Pangrazio, Frank Ordaz, Harrison Ellenshaw e Ralph McQuarrie, artistas plásticos responsáveis pelos matte paintings de Star Wars, conseguiram um trabalho incrível. As pinturas são tão realistas que muita gente nem percebeu que não eram cenários de verdade.

Os trabalhos da equipe variavam entre pintar o universo, as naves e até exércitos inteiros de Stormtroopers. Depois, a equipe de efeitos visuais ficava responsável por auxiliar Lucas a encaixar as pinturas no cenário (quando serviam, por exemplo, como vista de uma janela; ou, então, o meio da tela era transparente, e a frente servia para uma perspectiva forçada, pois os atores andariam apenas no trecho vazado).

+++ LEIA MAIS: Não é fundo verde? Documentário sobre The Mandalorian detalha efeitos especiais de spin-off de Star Wars

Veja, abaixo, um vídeo explicando como os matte paitings de Star Wars funcionam:

+++ MINHA PLAYLIST.... FRANCISCO, EL HOMBRE | ROLLING STONE BRASIL