Pulse

Childish Gambino pede para fãs guardarem o celular no show: "Faça como em uma igreja"

“Vocês não precisam compartilhar isso com ninguém”, afirma o cantor durante a apresentação

Redação Publicado em 22/07/2019, às 17h16

None
Childish Gambino, em show em 2018, não compareceu ao Grammy 2019 (Foto: John Salangsang)

No show que fazia parte do Festival Splendour In The Grass, na Austrália, o cantor Childish Gambino, alter-ego musical de Donald Glover, pediu para que o público guardasse os celulares e vivessem o momento.

“Eu tenho duas regras”, disse o cantor durante a música de abertura. 

“Regra 1: Me amar e se amar. Regra 2: Guardem os seus celulares, vocês não precisam compartilhar isso com ninguém que não está aqui. Essa apresentação é para nós, façam como em uma igreja”, finalizou o músico.

Em outro show recente, também na Austrália, Gambinojá havia pedido para que as pessoas se desligassem do mundo da tecnologia e vivessem a experiência além da tela.

Gambino não é o único cantor que adotou a ideia de abolir celulares durante os seus shows. Jack White revelou recentemente ter uma aversão aos aparelhos telefônicos e proibiu o uso durante as suas apresentações. O músico alega que esse costume quebra a relação direta entre ele e o público. 

+++ SESSION ROLLING STONE: Francisco, El Hombre abre um diálogo sobre depressão com "Parafuso Solto :: Peso Morto"