Chili Peppers processa TV por Californication

Série leva nome do disco lançado por Anthony Kiedis e cia. em 1999 e também é uma expressão usada no estado de Oregon (EUA)

Da redação Publicado em 21/11/2007, às 14h41 - Atualizado às 18h47

Flea, no baixo, e Kiedis: "Give us the money"
AP

O Red Hot Chili Peppers está processando a rede de televisão estadunidense Showtime, que lançou neste ano uma série com o nome Californication. A banda alega que o canal está se promovendo às custas de seu disco e música homônimos, ambos lançados em 1999.

Além disso, o Chili Peppers reclama seu direito sobre a música "Dani California", que na série virou o nome de uma secretária dominatrix interpretada por Rachel Miner.

O criador do show, Tom Kapinos, foi procurado pela reportagem da BBC, mas não pode falar sobre o assunto, segundo publicou a rede de notícias inglesa. Kapinos já havia declarado, neste ano, que ouviu o termo Californication no estado do Oregon: "Aparentemente, nos anos 70, as pessoas diziam 'don't californicate the Oregon' (em tradução livre: não "californize" o Oregon) para evitar a migração. Parecia um ótimo título para a série".

Californication, que conta a história de um escritor de meia idade com problemas familiares, interpretado por David Duchovny (ex-Arquivo X), estreou na rede de TV a cabo brasileira Warner Channel no último dia 20 de novembro.