Chris Brown é acusado de roubar celular

Cantor levou telefone de mulher que tirou foto dele quando saía de boate; acusação pode trazer implicações para a liberdade condicional do artista

Redação Publicado em 24/02/2012, às 10h30 - Atualizado às 11h03

Chris Brown será estrela de comédia romântica
AP

De acordo com a rede NBC 6 Miami, o cantor Chris Brown está sendo acusado de roubar um celular. Christal Spann, de 24 anos, alega que o cantor tomou seu telefone. Ela afirma que tirou uma foto de Brown depois de ele sair da boate Cameo, em Miami, junto ao rapper Tyga; Brown então entrou em um carro, e pela janela pegou o celular e gritou: "Vadia, você não vai colocar isso em nenhum site".

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Brigas entre artistas e paparazzi (mesmo que Christal Spann não seja profissional) são mais do que comuns, mas a acusação pode trazer problemas de grandes proporções para Brown: o cantor cumpre pena de liberdade condicional de cinco anos por ter agredido sua então namorada, a cantora Rihanna, em 2009. “As condições de sua liberdade condicional são muito, muito rigorosas. Chris deve obedecer todas as leis e não ser preso por nenhum outro crime. Seria um problema enorme se ele fosse preso ou acusado”, disse uma fonte ao site RadarOnline.com.

No início da semana, Brown e Rihanna divulgaram duas parcerias. Além de trabalharem em conjunto em "Birthday Cake", Rihanna também canta no remix de "Turn Up the Music", música de Brown. Apesar das críticas, o produtor The-Dream, amigo de Rihanna e produtor de "Birthday Cake", defendeu publicamente a decisão dos dois músicos de trabalharem juntos. "O que realmente importa é perdoar, e você quer acreditar nas pessoas", afirmou.

Ouça as duas faixas abaixo: