Chris Brown e Drake são processados em US$ 16 milhões por briga

Empresa responsável pelo estabelecimento onde a confusão ocorreu quer indenização pela repercussão negativa na imprensa

Rolling Stone EUA Publicado em 16/08/2012, às 11h42 - Atualizado em 21/08/2012, às 12h36

Chris Brown
Reprodução/Twitter

Chris Brown e Drake receberam processo de US$ 16 milhões por conta da briga na qual se envolveram em junho, em um bar de Nova York, segundo informa o jornal New York Post. A Entertainment Enterprise, dona da marca Greenhouse, filiada à boate WiP, onde a confusão ocorreu, afirma que teve prejuízo de US$ 4 milhões devido à repercussão negativa na imprensa. A empresa acredita que os rappers devem arcar com as perdas, descreveu a atitude da dupla como “além dos limites da razão” e afirmou que “deveriam ter previsto que devido à sua notoriedade os efeitos de seus atos são devastadores”.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

O arquivo descreve Drake e Brown como responsáveis pela confusão daquela noite, tendo eles chegado ao local com numerosos seguranças. “Sob instruções dos dois, os funcionários se enfrentaram, atirando copos de vidro cheios de bebida alcóolica uns contra os outros, quebrando parte de garrafas para usarem como facas e até mesmo jogando garrafas inteiras. Em segundos, os reús encheram o local com cacos de vidro”, diz o processo.

Os atuais donos da Greenhouse e da WiP não estão na Entertainment Enterprise. O atleta da NBA Tony Parker, que foi atingido e ferido gravemente no olho durante a briga, processa os responsáveis pelo local por US$ 20 milhões.