Christopher Lloyd relembra atuação com Michael J. Fox em De Volta Para o Futuro: 'Química natural'

Ator de 82 anos recordou como foi interpretar o Dr. Emmett Brown em De Volta Para o Futuro, maior papel de sua carreira

Redação Publicado em 31/03/2021, às 14h27

None
Michael J. Fox e Christopher Lloyd em De Volta para O Futuro (Foto: Reprodução)

Christopher Lloydrelembrou como foi interpretar o Doutor Emmett Brown (ou Doc) na trilogia De Volta Para o Futuro, ao lado de Michael J. Fox, o jovem Marty McFly. De acordo com o ator de 82 anos, a dupla tinha uma "química natural". 

Em recente entrevista ao The Guardian, Christopher Lloyd disse: "Michael [J. Fox] é tão bom. Ele é corajoso, tem um grande senso de humor e uma perspectiva de vida maravilhosa. Tenho uma grande admiração por ele."

+++LEIA MAIS: Eddie Van Halen participou de De Volta para o Futuro - mas você provavelmente não percebeu

O ator que tinha 47 anos quando interpretou o cientista Emmet Brown, recordou sobre a parceria de sucesso dos protagonistas: "Desde a primeira vez que nos conhecemos e filmamos juntos, a relação sempre existiu. Eu e Michael tínhamos uma química natural. Eu sei que se tivéssemos que fazer outra coisa juntos, ainda a teríamos."

Em De Volta Para o Futuro(1985), Michael J. Fox substituiu o ator Eric Stoltz, que foi escolhido para interpretar  Marty McFly e chegou a gravar algumas cenas, mas sua atuação não agradou o diretor Robert Zemeckis.

Atualmente com 59 anos, Michael J. Foxtem vivido com Parkinson por 30 anos e mostrado grande resiliência, apesar das dificuldades que tem com a doença. Christopher Lloyd está divulgando o seu novo filme, Senior Moment.

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

Embora os fãs queiram um quarto filme de De Volta Para o Futuro, o roteirista Bob Gale afirmou que nunca irá acontecer a continuação. "Fazer um De Volta para o Futuro sem Michael J. Fox não é algo que queremos ver. Acho que ninguém quer ver", disse ele ao site The Express no ano passado.

"Uma versão futura em que Marty McFly tem a doença de Parkinson? Isso realmente não se encaixa.", continuou Bob Gale, e finalizou: "Esses filmes são ótimos do jeito que são, vamos deixá-los em paz."

+++LEIA MAIS: De Volta Para o Futuro: Fã revela detalhe impressionante no filme - e que você provavelmente não notou

As informações são do The Express.


+++ KANT | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL


+++MAIS SOBRE CINEMA: 10 filmes que tiveram sequências lançadas após décadas 

 

1. Blade Runner

O clássico do diretor Ridley Scott, Blade Runner: O Caçador de Androides(1982), demorou 35 anos para ganhar sua única sequência, intitulada de Blade Runner 2049 (2017). Dirigida por Denis Villeneuve, a continuação trouxe de volta Harrison Ford como Rick Deckard, atuando ao lado de novos astros como Ryan Gosling e Jared Leto. 


2. Duro de Matar

O sucesso do primeiro Duro de Matar(1988) rendeu mais duas sequências lançadas em períodos próximos: Duro de Matar 2 (1990) e Duro de Matar - A Vingança (1995). A franquia só voltou a ser filmada 12 anos depois com Duro de Matar 4.0(2007). Em 2013, saiu Duro de Matar - Um Bom Dia Para Morrer. Todos com Bruce Willisno papel do policial piadista e duro na queda John Mclane


3. Trainspotting

Quando lançado em 1996,Trainspottingse tornou imediatamente um dos filmes cult mais adorados até hoje, e levou o ator escocês Ewan McGregor a Hollywood. Vinte e um ano depois, o diretor Danny Boyle reuniu o mesmo elenco do original para filmar a sequência T2 Trainspotting (2017), e mostrar o destino dos quatro amigos unidos por drogas, música boa e ganância. 


4. Os Incríveis

Com o sucesso da animação Os Incríveis(2004), da Pixar, os fãs logo imaginaram que o segundo filme da família de super-heróis não demoraria para acontecer, mas demorou 14 anos. Incríveis 2foi lançado em 2018 e manteve a qualidade do primeiro, fazendo valer a espera. 


5. Jurassic World

O mega diretor Steven Spielbergfez história na década de 1990 com Jurassic Park - Parque dos Dinossauros (1993) e O Mundo Perdido: Jurassic Park(1997). Depois, a franquia ganhou a terceira parte pelas mãos de Joe Johnson com Jurassic Park 3(2001). Os dinossauros só voltaram a aparecer nas telas dos cinemas 14 anos depois em Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros (2015) e em Jurassic World: Reino Ameaçado(2018). 


6. Rocky 

O personagem mais icônico de Sylvester Stallone, Rocky Balboa, conquistou uma legião de fãs com Rocky: Um Lutador(1976) e suas sequências Rocky II - A Revanche(1979), Rocky III - O Desafio Supremo (1982), Rocky IV (1985) e Rocky V (1990). Stallone só voltou a interpretar o boxeador 16 anos depois em Rocky Balboa (2006), e posteriormente nos derivados Creed


7. Indiana Jones

Após três filmes interpretando o arqueólogo aventureiro Indiana Jones em Os Caçadores da Arca Perdida(1981), Indiana Jones e o Templo da Perdição(1984), e Indiana Jones e A Última Cruzada(1989), Harrison Ford mostrou que, mesmo 19 anos depois, ainda possuía fôlego para encarar altas enrascadas com Indiana Jones e O Reino da Caveira de Cristal, último longa da franquia, lançado em 2008.


8. Toy Story

A franquia Toy Story, da Pixar, é um clássico da animação cinematográfica. Toy Story (1995) e Toy Story 2(1999) fizeram crianças e adultos rirem e chorarem com as histórias dos brinquedos Woody e Buzz Lightyear. Mas, a tão esperada terceira parte levou 11 anos para ficar pronta. Toy Story 3foi lançado em 2010, e Toy Story 4em 2019.  


9. Rambo

O ex-soldado americano Rambo, criado por Sylvester Stallone, envelhece, mas não morre nem mesmo confrontando um exército inteiro. Depois de Rambo(1982), Rambo II (1985) e Rambo III (1988), o ator deu um tempo de 20 anos do personagem e só voltou a interpretá-lo em Rambo IV, em 2008, e depois em Rambo: Até o Fim, em 2019. 


10. Tron 

O filme de ficção científica Tron - Uma Odisseia no Espaço(1982) deu uma ideia de como poderia ser o mundo virtual no futuro. Sua sequência, Tron: O Legado (2010), demorou 28 anos para ser lançada e trouxe de volta o personagem Kevin Flynn (Jeff Bridges), além de apresentar uma trilha sonora classuda composta pela dupla eletrônica Daft Punk