Cidade argentina “suspende” execução de músicas de Justin Bieber em rádio depois de passagem atribulada dele pelo país

O músico causou polêmica depois que “varreu” a bandeira da Argentina para fora do palco

Redação Publicado em 22/11/2013, às 17h25 - Atualizado às 17h28

Justin Bieber
Jorge Saenz / AP

A passagem de Justin Bieber pela Argentina continua rendendo. Ele já pediu desculpa (leia mais aqui), mas o vídeo em que ele aparece “varrendo” a bandeira do país para fora do palco durante um show por lá repercutiu tanto que ele foi processado e agora está sendo “censurado”. As informações são da agência EFE.

A prefeitura de Capayán, lugar com 15 mil habitantes na província de Catamarca, tirou da rádio municipal as músicas do canadense. E mais: incentivou outros veículos a fazerem o mesmo. O prefeito Alfredo Hoffmann expressou "repúdio ao artista de origem canadense Justin Bieber por sua atitude frente a nossa bandeira nacional” em um comunicado oficial.

"Suspendemos a difusão de qualquer música de Justin Bieber e solicitamos aos diferentes meios que tomem a mesma medida levando em conta o desprezo que ele demonstrou pela pátria", disse o secretário do governo de Capayán, Miguel Juárez.

No Twitter, Bieber declarou seu amor ao país hermano logo que soube da repercussão do vídeo. “Eu amo a Argentina e tive alguns dos meus melhores shows desta turnê lá. As pessoas jogaram coisas no meu palco durante todo o show e tinha que tirar do palco para que ninguém se machucasse. No vídeo eu vi um sutiã e uma camisa. Fui avisado pela minha equipe de que era uma camisa, mas mesmo que fosse uma bandeira, eu nunca faria nada para desrespeitar a Argentina, as pessoas de lá ou meus fãs. Me desculpe todo mundo que levou minhas ações da forma errada e eu espero que vocês consigam perdoar este erro.”

Mais tarde, em dois tuítes, ele escreveu: “Espero que vocês consigam aceitar isto. Eu amei meu período lá e cantar para vocês e estou ansioso para voltar. Dei o máximo de mim e sei que meus fãs também. ‘Te Amo’”.

A controvérsia que seguiu a jovem estrela pela América do Sul começou assim que ele chegou ao continente, no mês passado. No Brasil, ele apareceu nos jornais por ter grafitado muros e um vídeo feito por uma mulher que supostamente dormiu com ele fez sucesso em todo o mundo. Em São Paulo, ele encerrou prematuramente a apresentação depois de ter sido acertado por um objeto atirado pela plateia.

Justin Bieber decepciona fãs ao encerrar show de forma abrupta em São Paulo.

Também na Argentina, fotógrafos capturaram o cantor sendo levado para uma van que, segundo a agência Associated Press, estava cheia de “jovens garotas”. Ele também encerrou mais cedo um show no país e alegou intoxicação alimentar.

Febre teen: os 25 momentos mais explosivos de ídolos adolescentes.

Enquanto isso, a polícia argentina foi atrás de seguranças do cantor que agrediram o fotógrafo de uma casa noturna, que conseguiu na corte uma liminar para evitar que os agressores saíssem do país. O fotógrafo alegou que Bieber aprovou a medida de seus funcionários, e a investigação ainda está em curso.