Cidade de Deus bate Quem Quer Ser um Milionário? em enquete

A pergunta, proposta pelo site IMDB deu ao filme de Fernando Meirelles preferência entre 14,5 mil votantes; resultado trouxe à tona comparações entre os dois filmes

Da redação Publicado em 22/04/2009, às 16h20

Cidade de Deus (Fernando Meirelles) bateu o grande vencedor do Oscar (oito estatuetas, inclusive melhor filme e diretor) deste ano, Quem Quer Ser um Milionário? (Danny Boyle) em enquete promovida pelo site Internet Movie Database.

Bastam os primeiros minutos para que o filme do diretor inglês - saga de um menino indiano que supera obstáculos em meio à miséria do país - criar semelhanças com a obra de 2002 - saga de um menino brasileiro que supera obstáculos em meio à miséria do país. Galinhas em debandada, cores fortes, ambientação em favelas e corte ágil são alguns dos artifícios usados por Boyle que desancaram na comparação.

À Folha de S. Paulo, em fevereiro, o cineasta inglês disse repudiar o paralelo. Ele não nega a admiração pela obra baseada no livro homônimo de Paulo Lins, mas afirmou ter feito questão de não rever o filme. Quis evitar influências. Admtiu, no entanto, que "obviamente, você pode ver similaridades com Cidade". Mas não passa disso: coincidência.

Com participação de 14,5 mil internautas, a enquete, realizada na semana passada, rendeu 37,1% de preferência a Cidade de Deus, contra 19,6% de Milionário. Já 33,2% dos votantes afirmam não ter assistido a um ou ambos os filmes. O resto dos votos foi distribuído entre "gosto dos dois igualmente" (5,8%), "desgosto de ambos" (3,4%) e "não tenho opinião" (1%).

Cidade de Deus, considerado por muitos a grande cartada da retomada do cinema brasileiro, ficou de fora do Oscar em sua tentativa de concorrer ao Oscar de melhor filme estrangeiro (a América Latina acabou emplacando apenasO Crime do Padre Amaro em 2003). No ano seguinte, em compensação, levou de cara quatro indicações ao prêmio, nas categorias de melhor diretor, roteiro adaptado, edição e fotografia.

O filme mais recente de Meirelles é Ensaio Sobre a Cegueira. No cinema, já manifestou sua vontade de dirigir algo mais "light", como uma comédia teen. O diretor poderá ser visto na telinha, com Som e Fúria. Parceria da Globo com a produtora O2, a minissérie será lançada no segundo semestre e mostrará o cotidiano de uma companhia de teatro shakespeariana.

Já Boyle foi especulado, em março, como diretor do próximo filme da franquia James Bond. O boato foi desmentido em seguida.